De agressão a sexo: relembre as polêmicas do Big Brother Brasil

Em 19 anos de programa, o BBB colecionou bafões, que nos deram a oportunidade de debater assuntos considerados tabus

Por O Dia

Família Lima foi o centro da polêmica da edição 2018
Família Lima foi o centro da polêmica da edição 2018 -

Rio - Recentemente, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) abriu inquérito para apurar denúncias de racismo e intolerância religiosa que os participantes Maicon e Paula estão sendo acusados. O caso vem repercutindo nas redes sociais, mas se engana quem pensa que essa é a única edição polêmica do reality. Em 19 anos de programa, o BBB colecionou bafões, que nos deram a oportunidade de debater assuntos até então considerados tabus. Por isso, separamos oito casos que deram o que falar... 

Bulemia

Logo na primeira edição, o BBB teve uma das suas grandes polêmicas. Na época, Alessandra, conhecida como Leka, era vista forçando o vômito após as refeições. A sister tinha problemas com seu próprio peso e foi diagnosticada com bulimia, um transtorno alimentar que não era tão discutido nos anos 2000.

Leka: participante foi diagnosticada com transtorno alimentar - Reprodução TV

Abuso sexual 

No "BBB 12", Daniel Echaniz foi acusado de abusar sexualmente de Monique Amin. As suspeitas começaram após os brothers deitarem na mesma cama depois de uma festa, e as câmeras flagrarem uma movimentação intensa dele. Após a repercussão, Daniel teve que deixar o programa e respondeu a um inquérito, mas ele foi inocentado. 

Daniel e Monique: acusação de abuso sexual - Divulgação TV Globo

Relação abusiva 

Outro episódio que também deixou os telespectadores e internautas perplexos foi a cena em que Marcos encurralou Emily na parede, apontou o dedo para ela e gritou. Na ocasião, os dois viviam um romance na casa mais vigiada do país. O brother acabou desclassificado e foi indiciado por agressão. Entretanto, até hoje ele não foi punido. 

 

Marcus e Emily: relação abusiva - Reprodução TV Globo

Pedofilia 

Em 2016, durante uma conversa dentro do reality, Laércio comentou que se relacionou com menores de idade. A fala do brother ganhou repercussão e ele foi chamado de pedófilo pela colega de confinamento, Ana Paula. Fora da casa, indícios das relações foram surgindo e Laércio foi eliminado no segundo paredão. Ele acabou sendo preso por estupro de vulnerável. 

Laércio: brother foi preso por pedofilia - Reprodução TV Globo

Agressão

A edição de 2016 também teve outra polêmica. Ana Paula, que ficou conhecida pelo bordão "Olha elaaaa!", foi uma das participantes que mais ganhou os holofotes durante o programa. Mas, tanta exibição não acabou bem para a moça. A mineira foi expulsa após dar um tapa em Renan. A eliminação dividiu os internautas e, uma parte de quem assistia ao BBB ficou ao lado dela. 

Ana Paula Renault: expulsa após agressão - Reprodução TV

Relaçãoentre pai e filha 

No BBB do ano passado foi a vez dos telespectadores debaterem a relação entre Ayrton e Ana Clara. A aproximação entre pai e filha era considerada exagera por alguns e o brother foi acusado de incesto. A repercussão do caso foi tamanha que Tiago Leifert conversou com os dois sobre o assunto. 

Internautas criticam proximidade entre Ayrton e Ana Clara - Reprodução Internet

AVC 

Participante do "BBB5", a dona de casa Marielza sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) durante um banho na hidromassagem. Na ocasião, a sister tinha apenas dez dias de confinamento. Ela foi socorrida, se recuperou, mas teve que ser substituída pela carioca Aline Silva.

A dona de casa Marielza sofreu um AVC durante o confinamento - Reprodução TV

Sexo explícito 

Na segunda edição do programa, a polêmica da vez foi o sexo explícito na TV brasileira. Os protagonistas dessa façanha foram os brothers Tarciana e Jeferson, que não resistiram aos três meses de confinamento e se entregaram ao desejo.

Taciana e Jefferson: sexo explícito na TV - Divulgação TV Globo/Reprodção TV

 

 

 

 

 

Galeria de Fotos

Internautas criticam proximidade entre Ayrton e Ana Clara Reprodução Internet
Daniel e Monique: acusação de abuso sexual Divulgação TV Globo
Marcus e Emily: relação abusiva Reprodução TV Globo
Laércio: brother foi preso por pedofilia Reprodução TV Globo
A dona de casa Marielza sofreu um AVC durante o confinamento Reprodução TV
Taciana e Jefferson: sexo explícito na TV Divulgação TV Globo/Reprodção TV
Leka: participante foi diagnosticada com transtorno alimentar Reprodução TV
Ana Paula Renault: expulsa após agressão Reprodução TV
Família Lima foi o centro da polêmica da edição 2018 Reprodução TV

Comentários