Fluminense

Abel elogia sua equipe e critica falta de fair play dos jogadores do Flamengo

Normalmente avesso a comentar sobre o assunto, o treinador tricolor se mostrou muito irritado com a postura do árbitro Flávio Rodrigues de Souza

Rio - O Fluminense completou quatro rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro e mais uma vez deixou um triunfo sobre o Flamengo escapar nos últimos minutos. Mas o que tirou Abel Braga do sério foi a arbitragem. Normalmente avesso a comentar sobre o assunto, o treinador tricolor se mostrou muito irritado com a postura de Flávio Rodrigues de Souza.

Abel Braga criticou muito o árbitro do Fla-Flu Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

A principal reclamação foi no momento do segundo gol do Flamengo, quando Richarlison esperava para voltar a campo após ser atendido por estar sangrando na cabeça.

"É um empate por uma série de fatores. Fair play passou longe. Richarlison tomou seis pontos na cabeça, mas eles continuaram o jogo. E quando a bola foi cortada pelo Léo, Richarlison estaria naquele lugar, mas o árbitro não o deixou entrar. Tem nada a ver? Não sei. Só sei que estava com um a menos na hora do gol de empate", reclamou Abel, que perdeu Orejuela, com um trauma no tornozelo esquerdo, após entrada dura de Conca, e preocupa. Wendel também saiu com proteção no joelho esquerdo.

"Não teve nem amarelo. E seria pouco. Não sei se o Conca perdeu a cabeça pela vaia que recebeu da torcida", disse Abel, que apesar da irritação, defendeu seu grupo. Ao lembrar que a torcida criticou o time contra o Grêmio, ele ressaltou o espírito guerreiro: "Não somos sem vergonha. Minha equipe luta dentro do que pode dar. Vamos continuar. Se tiver apoio, muito melhor. Nós temos coragem".

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie