Fluminense

Henrique pede mais consistência defensiva e se coloca à disposição como volante

Capitão do Fluminense falou sobre os erros da equipe no primeiro turno

Rio - A defesa foi sem dúvidas o ponto de instabilidade do Fluminense no primeiro turno. Com um ataque que funciona, a equipe carioca só passou duas partidas sem levar gols na parte inicial do Brasileirão. Para o capitão Henrique, a última partida contra  a Ponte significou uma evolução e um caminho para a retaguarda tricolor no segundo turno.

Henrique atuou como volante contra a Ponte Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Nosso ataque foi um dos melhores e a defesa ficou exposta. Tiramos muitas lições nesse primeiro turno. Temos que manter uma consistência na parte defensiva, como fizemos contra a Ponte. Dentre de todas as coisas, muitas lesões graves... Claro que poderíamos ter feito muito mais. Alguns pontos ficaram para trás. Mas não podemos reclamar, foi um primeiro turno de muita superação", afirmou.

Contratado como zagueiro, Henrique desempenho o papel de volante contra a Ponte Preta e agradou Abel Braga. Perguntado sobre em qual posição irá atuar nos próximos jogos, o jogador deixou nas mãos do treinador.

''Ai tem que perguntar para o Abel se vou jogar mais de volante. Já tinha jogado nessa posição, até lateral fui na Itália. Essa posição na frente da defesa, protegendo um pouco mais a defesa, foi importante para um time que faz muitos gols. Vai depender do Abel, do que ele achou. Cada jogo é diferente. Estamos preparados", disse.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie