Rio

PM é morto a tiros ao sair da festa da mulher em Padre Miguel

Policial foi abordado por quatro criminosos no momento em que ia entrar no carro na noite desta quarta. Ele é o 95º PM assassinado no Rio

PM Silvio César Lopes da Silva foi morto em Padre Miguel Reprodução Internet

Rio - Um policial militar foi morto a tiros, no fim da noite desta quarta-feira, após sair da festa da própria mulher, em Realengo, Zona Oeste do Rio. O cabo Silvio César Lopes da Silva foi abordado por quatro criminosos no momento em que ia entrar em seu carro, na esquina entre as ruas Vila Nova e Olímpia Esteves.

Houve disparos e o policial foi atingido. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, mas não resistiu. Lotado no Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) Silvio foi o 95º PM assassinado no Rio em 2017. Ele estava na corporação há dez anos e deixa três filhos.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) está investigando o caso para tentar identificar os suspeitos. 

Em entrevista a jornalistas no hospital, o subtenente do BPVE Magno Luiz da Silva lamentou a morte do amigo e reforçou que no Rio há uma "guerra diária". "A guerra não é só nossa, é só olhar as estatísticas. Em nenhum lugar do mundo há tantas mortes de policiais como aqui", destacou.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie