Aumento anual anima empresas

Por

A rede Spa das Sobrancelhas foi pioneira ao apostar no metrô -

Embora o Brasil tenha caído de 3º para 4º lugar no ranking dos maiores consumidores de produtos e serviços estéticos, ficando atrás de Estados Unidos, China e Japão, o crescimento anual anima os empresários do setor. Especializado em cuidados estéticos para mulheres, o Spa das Sobrancelhas foi uma das primeiras empresas do setor de Beleza a acreditar no potencial dos cuidados com os olhos.

A empresa foi criada em 2007 pelo casal Jane Muniz e Marko Porto. Eles eram donos de um salão de beleza e perceberam que o tratamento especial para sobrancelhas, além de ser o mais rentável, tinha alta procura e pouca oferta. "Desenvolvemos uma proposta diferente. Quando começamos, as pessoas falavam 'tirar' ou 'limpar' as sobrancelhas. Nós estabelecemos o design de sobrancelhas como nomenclatura e desenvolvemos serviços para o embelezamento do olhar", conta Jane Muniz.

Em 2017, a rede faturou R$ 80 milhões, um crescimento de 10% em relação ao ano anterior. "Isso foi possível graças aos treinamentos e à qualidade dos serviços e produtos", diz Jane. Em 2018, a empresa estima aumento de faturamento em mais 10% por loja.

Comentários