Premiação para produtores de café

Evento será no sábado, durante feira no Palácio Guanabara, e terá workshop gratuito

Por

O Estado do Rio tem hoje cerca de 2.400 produtores de café
O Estado do Rio tem hoje cerca de 2.400 produtores de café -

O Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado, abre as portas neste sábado para dois eventos dedicados à produção de cafés especiais no Rio: a Feira de Cafés Especiais e Produtos Agrícolas e o III Concurso de Cafés Especiais do Rio de Janeiro.

Aberta ao público, a feira terá barraquinhas de produtores das regiões Serrana, Sul e Noroeste do estado. No evento, que acontece entre 9h e 17h, haverá, ainda, cursos e workshops gratuitos sobre bebidas, gastronomia e torra de cafés, além de degustação. A ação é promovida pelo Sebrae e pela Associação dos Cafeicultores do Estado do Rio.

"O Rio tem potencial para ampliar sua produção de café, principalmente das safras especiais. A secretaria está à disposição para incentivar e oferecer apoio técnico desde o pequeno ao grande produtor", diz Marcelo Queiroz, secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca, pasta que apoia o evento.

Durante a feira, haverá a etapa final do III Concurso de Cafés Especiais do Rio de Janeiro, que irá escolher os produtores vencedores entre 10 finalistas. Após a apresentação dos vencedores, haverá um leilão com a venda das sacas de cafés em grão cru dos premiados.

Segundo a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca, há cerca de 2.400 produtores no Estado do Rio. Os cafés especiais são submetidos à análise de especialistas, que seguem critérios internacionais de avaliação.

Comentários