Nova temporada de ‘Amor Verissimo’ estreia com mais histórias de amor

Em um episódio, Fernanda Paes Leme vive uma contadora, que aceita fingir ser namorada de um gay

Por O Dia

Fernanda Paes Leme viverá uma ontadora bem-resolvida%2C que aceita fingir ser namorada de um gay%2C que a leva para jantar com os pais deleMaíra Coelho / Agência O Dia

Rio - Marialva é uma doce mineirinha que se muda para o Rio de Janeiro por causa de sua paixão pelo mar. Na Cidade Maravilhosa, ela se envolve com um cara sedutor, que leva todas as meninas para passear em seu barco. A personagem é uma das oito que Fernanda Paes Leme interpreta na segunda temporada de ‘Amor Verissimo’, que estreia quarta-feira, às 23h, no GNT. Inspirada nos textos de Luís Fernando Verissimo e dirigida por Arthur Fontes, a série traz divertidas histórias de amor protagonizadas ainda por Letícia Colin, Flávia Garrafa, Marcelo Faria, Marcelo Serrado e Pedro Monteiro.

“É bom falar de amor, de sexo, de tudo através do Verissimo. Acho que ele retrata a relação entre homem e mulher com humor e de uma forma muito verdadeira. É muito fácil dar vida a esses personagens, porque são muito reais, as relações, às vezes, são inusitadas”, diz Fernanda, antecipando o que vem por aí nessa nova temporada: “Muito amor, beijo na boca, casais engraçados. Acho que as pessoas vão se surpreender mais.”

No episódio ‘Vidão’, Gilmar (Marcelo Serrado) é o mulherengo por quem Marialva se encanta. “Ele é um galinha, um bon-vivant. A Marialva vai ser uma de suas vítimas. E a relação que eles vivem depois é bem engraçada”, adianta.

Em outra história, Fernanda interpreta uma contadora bem-resolvida, Claudia, que aceita fingir ser namorada de um gay, que a leva para jantar com os pais dele. “Ela acaba curtindo essa farsa”, revela.
Para produzir os 13 episódios da segunda temporada, o diretor Arthur Fontes teve que misturar várias crônicas de Verissimo que eram mais curtas.

“Fizemos uma longa pesquisa nos jornais em que ele tem coluna. Encontramos mais de 400 crônicas. Selecionamos algumas e depois misturamos. Muitos episódios têm mais de duas ou três crônicas misturadas. O resultado é que as histórias estão mais dinâmicas, têm mais reviravoltas e surpresas”, conta.

A nova temporada não traz mais depoimentos de anônimos sobre os episódios. Mas o diretor manteve os comentários dos personagens no sofá. “Eles ajudam a levar a história pra frente, é um recurso de linguagem,como uma narração”, explica.

Os seis protagonistas se revezam nos papéis principais — tem ainda uma participação de Gabriel Duarte. Mas Marcelo Faria é o recordista do elenco, somando dez personagens. “Tem um episódio em que faço três personagens. É um exercício árduo, um trabalho cansativo, mas é bem prazeroso”, garante o ator.
Em ‘Felizes para Sempre’, Marcelo interpreta um senhor de 60 anos, pai de Letícia Colin, o que chamou de “surreal”. “Pintei o cabelo de branco, a barba, coloquei óculos de grau. Em outra história, faço o marido dela. É legal porque tem essa brincadeira que fica um pouco parecida com a ‘TV Pirata’, mas sem ser tão escrachado”, compara o ator.

Últimas de Televisão