Botafogo

Roger e Pimpão garantem vitória do Botafogo diante da Chapecoense no Brasileirão

Goleiro Gatito também foi um dos destaques alvinegros na partida

Chapecó - Fora de casa, o Botafogo garantiu três importantes pontos no Campeonato Brasileiro, neste domingo. O Alvinegro visitou a Chapecoense, na Arena Condá, e contou com seus atacantes para comandar a vitória, por 2 a 0, com gols de Roger e Rodrigo Pimpão. Além da atuação decisiva dos jogadores de frente, que deiram a sua marca, o goleiro Gatito também teve uma tarde iluminada em Chapecó.

O próximo compromisso do Botafogo no Brasileirão será o clássico com o Vasco, nesta quarta-feira, às 21h, no Nilton Santos. A Chapecoense também vem ao Rio de Janeiro, para enfrentar o Flamengo, na quinta-feira, na Ilha, às 21h.

Botafogo derrotou a Chapecoense Sirli Freitas/Chapecoense

O JOGO

A partida entre Chapecoense e Botafogo começou com um susto para a defesa do time de Jair Ventura. Logo aos 8 minutos, Gatito precisou operar um verdadeiro milagre. Apodi foi lançado, invadiu a área e encheu o pé para a defesa do goleiro alvinegro. Os donos da casa mantiveram a posse de bola e a presença no ataque durante boa parte da primeira etapa.

Aos 23, Apodi voltou a dar trabalho. Luis Antônio lançou o lateral, no buraco da defesa alvinegra. Ele avançou até a linha de fundo e chutou em cima de Gatito, que apareceu bem em mais um lance de perigo da equipe de Chapecó.

Mas, foi o Botafogo quem abriu o placar na Arena Condá. Aos 28, Pimpão deu um bom lançamento para Bruno Silva e deixou o volante de cara para o gol. Na saída do goleiro, o volante tocou para Roger que, em posição legal, empurrou a bola para o fundo da rede.

A Chapecoense quase encontrou o empate nos minutos finais do primeiro tempo. Apodi desarmou Igor Rabello, que pediu falta no lance. O árbitro mandou seguir e o lateral encontrou espaço para chutar da entrada da área, mas acabou errando a mira.

Na volta para o segundo tempo, o Botafogo não deu muito tempo para a Chapecoense igualar o placar. Aos 8 minutos, Arnaldo e Roger fizeram boa jogada pela direita, o lateral cruzou, Luiz Otávio furou e a bola bateu em Pimpão e entrou no gol, para ampliar a vantagem alvinegra na partida.

Aos 21 minutos, Arthur subiu com Arnaldo e conseguiu cabecear, mas Gatito apareceu para defender. Em seguida, a defesa alvinegra bateu cabeça e a bola parou mais uma vez nos pés do atacante da Chape, mas Carli chegou afastando o perigo.

No fim da partida o Alvinegro ainda encontrou mais uma boa chance de ampliar o placar. Aos 33, o Botafogo encaixou o contra-ataque, Montillo lançou Bruno Silva, que invadiu a área e bateu para defesaça de Gatito Fernández.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 0 X 2 BOTAFOGO

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Anderson Moraes Coelho (SP) e Bruno Rizo (SP)
Renda/público: R$ 252.020,00/ 22.603 presentes
Cartões amarelos: Rodrigo Lindoso, Gatito Fernández
GOLS: Roger, aos 28'/1ºT e Rodrigo Pimpão, aos 8'/2ºT

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Luiz Otávio, Victor Ramos e Reinaldo; Girotto, Luiz Antônio, Seijas (Nenén, 18'/2ºT) e Osman (Niltinho, 14'/1ºT, Túlio de Melo, 13'/2ºT); Wellignton Paulista e Arthur Caike - Técnico: Vágner Mancini.

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luís; Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense, 47'/2ºT), Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme, 34'/2ºT) e Roger (Montillo, 23'/2ºT) - Técnico: Jair Ventura.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie