Vasco

Em reunião, Eurico discorda da posição do Flamengo: 'Maracanã é do povo'

Presidentes dos clubes cariocas se reuniram em audiência pública na Alerj

Rio - A audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) envolvia os presidentes de Flamengo e Fluminense: Eduardo Bandeira de Mello e Pedro Abad, além de representantes do estado para tratar a situação do Maracanã. Porém, um visitante inesperado apareceu na reunião. O presidente do Vasco, Eurico Miranda, se sentou e pediu a palavra para comentar a situação do estádio. O mandatário discordou da posição do Flamengo, que deseja realizar a administração do Maracanã com algum parceiro.

Eurico Miranda foi contra o posicionamento do Flamengo Paulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

"O que não pode é ter condições de permitir a mutreta, a sacanagem que aconteceu esse tempo todo. Gestão é outra coisa. Não pode ser um clube gerindo o Maracanã. Não tem condições. O Maracanã não pode ser dado a um clube. Os quatro clubes têm que ter tratamento isonômico. Claro que o Maracanã não é do Flamengo. É do povo! E o Vasco faz parte desse povo", afirmou.

Além de Eurico, logo depois, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, também apareceu. Além dos presidentes e dos deputados, participaram da reunião, o secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Thiago Pampolha; o secretário de Estado da Casa Civil, Christino Áureo, e o presidente da Federação de Futebol do Rio (Ferj), Rubens Lopes.

Minutos depois, a audiência foi encerrada. Sem nenhuma conclusão ou entendimento quanto ao futuro do Maracanã. Segundo o chefe de gabinete da Casa Civil da capital carioca, Marcelo Queiroz, ainda não é possível dizer que o estádio terá ou não uma nova licitação. Uma nova audiência será realizada no próximo dia 9 de maio para debater o assunto.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie