Vasco

Vasco e Santos fazem jogo morno e empatam sem gols no Brasileirão

Equipes se enfrentaram no Nilton Santos, sem a presença da torcida

Rio - Por definição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Vasco recebeu o Santos no Nilton Santos, neste domingo, sem a presença da torcida. Isso porque o Cruzmaltino está proibido de mandar seus jogos em São Januário, por conta da briga generalizada que aconteceu no clássico com o Flamengo. Dentro de campo, as equipes não conseguiram balançar a rede e ficaram com o empate, por 0 a 0.

Vasco e Santos se enfrentaram no Nilton Santos, neste domingo Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

O próximo compromisso do Vasco no Campeonato Brasileiro será o duelo com o São Paulo, nesta quarta-feira. O Gigante da Colina visitará a equipe paulista no Morumbi, às 21h45.

O JOGO 

Não foi só a ausência da torcida que esfriou o primeiro tempo do jogo entre Vasco e Santos. Sem muitas chances claras, as duas equipes fizeram uma etapa inicial sem muita emoção.

Wagner começou mais uma vez entre os titulares do Vasco Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

A primeira chance da partida foi para o Cruzmaltino. Aos 15 minutos, Pikachu cobrou escanteio curto para Nenê, que cruzou a bola na cabeça do zagueiro Rafael Marques. O defensor cabeceou por cima do gol de João Paulo.

Aos 28, foi a vez do Santos assustar o adversário. Lucas Lima garantiu um ótimo lançamento para Kaique, que invadiu a área e chutou cruzado. O zagueiro Paulão apareceu bem no lance para afastar o perigo.

A última boa chance da primeira etapa aconteceu aos 36, para o time de Milton Mendes. Pikachu cobrou falta com perigo, buscando o ângulo direito de João Paulo. A bola passou bem rente ao travessão. Porém, Nenê não gostou da cobrança e reclamou com o companheiro de equipe.

Na volta para a segunda etapa a primeira chance foi dos donos da casa. O lateral-esquerdo Ramon tabelou com Nenê, foi à linha de fundo e cruza muito bem. Thalles se antecipou e cabeceou firme. A bola passou ao lado do gol de João Paulo.

Aos 15, Thalles encontrou uma boa oportunidade de arriscar de fora da área. O goleiro João Paulo espalmou para frente e a bola sobrou dentro da área para o lateral-direito Madson, que chutou na rede pelo lado de fora.

Após uma disputa na área com Lucas Veríssimo, aos 25 minutos, Wagner sentiu uma pancada no nariz e ficou caído no chão. Os jogadores do Vasco pediram pênalti no lance, mas o árbitro não marcou nada e mandou o jogo seguir.

Aos 41, o Vasco chegou perto de abrir o placar no Engenhão. Nenê recebeu na entrada da área, girou e chutou cruzado. O goleiro João Paulo se esticou e faz boa defesa, evitando o gol do Cruzmaltino.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 x 0 SANTOS

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA/Fifa).

LOCAL - Estádio do Engenhão, no Rio (RJ).

PÚBLICO E RENDA - Jogo realizado com portões fechados.

CARTÕES AMARELOS - Rafael Marques, Wellington, Thalles e Breno (Vasco); Daniel Guedes, Leandro Donizete e Bruno Henrique (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Daniel Guedes (Santos).

VASCO - Martín Silva; Madson, Paulão, Rafael Marques e Ramon; Jean, Wellington (Bruno Paulista), Wagner, Nenê (Paulo Vitor) e Pikachu (Guilherme Costa); Thales. Técnico: Ednelson Silva (interino).

SANTOS - João Paulo; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Leandro Donizete (Alison), Yuri e Lucas Lima; Bruno Henrique (Vecchio), Kayke e Copete (Matheus Ribeiro). Técnico: Levir Culpi.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie