Delcídio apresenta ao Senado licença médica por 15 dias

Na quinta-feira passada, dia em que as informações prestadas por Delcídio em delação premiada vazaram, o senador se encontrou com seu advogado em São Paulo

Por bianca.lobianco

Brasília - O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) apresentou à mesa diretora do Senado Federal uma licença médica por 15 dias a partir da próxima terça-feira. O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Teori Zavascki, tinha autorizado a permanência do parlamentar na capital paulista para a realização de exames médicos entre os dias 26 de fevereiro a 7 de março.

A prorrogação da licença médica será comunicada ao plenário do Senado e não precisa ser autorizada pelo Supremo Tribunal. Delcídio foi preso em novembro do ano passado por tentativa de atrapalhar as investigações da Lava Jato e solto no último dia 19 por decisão do relator da operação na Corte. Na quinta-feira passada, dia em que as informações prestadas por Delcídio em delação premiada vazaram, o senador se encontrou com seu advogado em São Paulo.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia