Atriz Beatriz Segall morre aos 92 anos

Beatriz viveu a icônica vilã Odete Roitman na novela 'Vale Tudo', da Rede Globo

Por O Dia

Beatriz Segall
Beatriz Segall -

São Paulo - A atriz Beatriz Segall morreu nesta quarta-feira, aos 92 anos, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. A causa da morte não foi divulgada. O corpo da atriz será velado no próprio hospital a partir das 19h e o corpo será cremado nesta quinta-feira, em Cotia, na Grande São Paulo.

Beatriz ficou conhecida por interpretar a icônica vilã Odete Roitman na novela Vale Tudo, de 1988, na Rede Globo.

GALERIA: Veja fotos da carreira de Beatriz Segall

A atriz estava internada há algumas semanas no hospital Albert Einstein, em São Paulo, com problemas respiratórios. Ela havia recebido alta no dia 21 de agosto, mas voltou a ser internada depois e, desta vez, não resistiu.

Famosos lamentam a morte de Beatriz. No Twitter, Patrícia Pillar escreveu: "Perdemos Beatriz Segall! Pena não ter tido o prazer de conviver com ela em algum trabalho... Que luxo de atriz!!! Descanse em paz".

Glória Menezes postou uma foto ao lado dela no Instagram e citou a famosa frase da novela Vale Tudo: "Quem matou Odete Roitman? Mais uma estrelinha está indo brilhar lá no céu... Eterna Beatriz Segall".

Walcyr Carrasco escreveu em seu Instagram: "Perdemos Beatriz Segall a grande dama do teatro e da televisão, inesquecível no papel de Odette Roittman. Mais um grande talento que se foi! Fez grandes e importantes peças de teatro, inclusive na resistência à ditadura militar! Adeus".

À GloboNews, Aguinaldo Silva, um dos autores de Vale Tudo, falou que: "Não posso negar que Odete Roitman foi uma criação geral primorosa do Gilberto e que a Beatriz Segall tornou mais genial e primorosa ainda".

Serginho Groisman disse em seu Twitter que "Beatriz Segall uma incrível atriz e uma mulher que fez da arte sua vida. Sempre com atitudes atentas e contemporâneas".

João Côrtes, que contracenou com ela em seu último papel na televisão, na série "Os Experientes", também prestou homenagem: "Soube há pouco do falecimento dessa rainha aí, ao meu lado. Beatriz Segall era uma mestra. Ela me ensinou muito. Me ensinou a me cuidar, olhar para dentro de mim, me ensinou a fazer com verdade, ou melhor não fazer. Tive o imenso prazer e honra de observar, contracenar, conviver e aprender com ela durante o tempo que filmamos “Os Experientes” juntos. Beatriz era uma força da natureza. Uma mulher forte, belíssima, feminista e com uma potência avassaladora como atriz. Sua luz e sabedoria fará muita, muita falta. Seu legado sobrevive. A memória e a honra de ter convivido com ela ficam pra sempre. Viva Beatriz!"

Carreira

Beatriz de Toledo Segall nasceu no Rio de Janeiro e começou a carreira na televisão em 1956, com 30 anos, na novela Pollyana, baseada no romance homônimo de Eleanor H. Porter. A atriz também viveu importantes papéis no cinema e no teatro.

Em 1980, atuou no premiado filme "Pixote, a Lei do Mais Fraco", dirigido por Hector Babenco. 

Oito anos mais tarde, Beatriz viveria seu papel mais marcante: como Odete Roitman, na novela Vale Tudo. A vilã foi assassinada com 3 tiros e desencadeou um dos maiores suspenses da televisão brasileira: "Quem matou Odete Roitman?". 

Beatriz Sagall interpretando a vilã Odete Roitman na novela Vale Tudo - Reprodução / TV Globo

Em 2014, com 88 anos e sem convites para a televisão, a atriz decidiu que não ficaria parada e começou a dar aulas particulares de interpretação. No ano seguinte, participou da série "Os Experientes", sobre a terceira idade. Nela, interpretou Yolanda, que viria a ser seu último papel.

Galeria de Fotos

Beatriz Segall Divulgação
Beatriz Sagall interpretando a vilã Odete Roitman na novela Vale Tudo Reprodução / TV Globo

Últimas de Brasil