Governadores eleitos assumem pela manhã para ir à posse de Bolsonaro

Nesta manhã, nove governadores assumiram os cargos, no Distrito Federal, em Goiás, Minas Gerais, no Pará, Paraná, Rio de Janeiro, em Rondônia, São Paulo e no Tocantins

Por O Dia

Wilson Witzel é empossado em cerimônia breve no Rio de Janeiro
Wilson Witzel é empossado em cerimônia breve no Rio de Janeiro -

Rio - Nove governadores tomam posse na manhã desta terça-feira. Após a cerimônia, muitos deles irão à Brasília para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro. 

No Rio de Janeiro, Wilson Witzel, do PSC, chegou à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) às 8h40, e tomou posse por volta das 9h, em cerimônia breve. Para acompanhar a posse de Bolsonaro, o governador deixou a transmissão do cargo e a posse do secretariado para a quarta-feira.

Também tomaram posse João Doria (PSDB), em São Paulo; Romeu Zema (Novo), em Minas Gerais; Ronaldo Caiado (DEM), em Goiás; Ibaneis Rocha (MDB), no Distrito Federal; Ratinho Junior (PSD), no Paraná e Coronel Marcos Rocha (PSL), em Rondônia. Eles devem ir à posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, em Brasília. Além deles, os governadores de Tocantins e Pará tomam posse na manhã desta terça-feira.

O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), foi o primeiro a tomar posse, já à meia-noite e meia.

No total, 17 governadores tomam posse na tarde desta terça-feira: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

 

* Com informações da Agência Brasil

 

Últimas de Brasil