Polícia já prendeu 86 suspeitos de ataques criminosos no Ceará

'É papel de todos proteger a população, deixando de lado vaidades e interesses pessoais ou partidários', disse Camilo Santana

Por Agência Brasil

Concessionária foi atacada no Ceará
Concessionária foi atacada no Ceará -

Ceará - O governador do Ceará, Camilo Santana, disse hoje, em uma mensagem à população do estado, publicada em sua página no Facebook, que as forças de segurança do Ceará estão em regime de prontidão para combater as ações criminosas que atingem várias cidades cearenses há cinco dias. Segundo o governador, até o momento, 86 suspeitos dos ataques, 36 somente na madrugada deste sábado, já foram presos. “Várias ações foram evitadas com o trabalho de inteligência e antecipação da polícia”, disse.

Camilo Santana informou que, desde o início dos ataques criminosos, tem mantido contato direto com os ministros Sérgio Moro e Fernando Azevedo. “Desde as primeiras horas dos ataques, tenho conversado de forma permanente com o ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, que tem prestado um apoio muito importante neste momento, bem como com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo”.

Há cinco dias, uma série de episódios violentos são registrados em Fortaleza e se estendem para várias cidades do Ceará. Para o defensor público Emerson Castelo Branco, que atua em presídios no estado, os incidentes se intensificaram depois de a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária ter anunciado “endurecimento” na atuação nos presídios, 12 no total.

A imprensa local do Ceará informa que a onda de violência chegou a Jericoacoara, paraíso de turistas por causa das praias, pois um ônibus foi incendiado nas proximidades de uma creche. Não há informações de vítimas.

Ordens

“Por minha determinação, todas as forças de segurança do Ceará [Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, agentes penitenciários e Pefoce] estão em regime permanente de plantão para coibir essas ações, prender os bandidos e proteger a nossa população”, afirmou o governador.

Apenas do Ceará, serão 29 mil profissionais destinados ao trabalho, de acordo com Camilo Santana. De acordo com ele, o foco é o combate ao combate ao crime organizado, fora e dentro de unidades prisionais. Para o governador, os criminosos têm um objetivo específico: pressionar o estado a recuar nas medidas adotadas. “Não há nenhuma possibilidade de acontecer. Pelo contrário: endureceremos cada vez mais contra o crime.”

O governador reiterou que haverá uma secretaria especialmente para a atuação nos presídios. Houve o reforço no sistema de segurança com a contratação de quase 10 mil profissionais nos últimos quatro anos e mais 600 foram convocados para atuação imediata. Também foram comprados equipamentos, mais de 2.100 viaturas e ampliado o esquema de tecnologia e inteligência.

Camilo Santana disse que conversa de forma permanente com os ministros da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, e Defesa, general Fernando Azevedo, para ações conjuntas. “É papel de todos proteger a população, deixando de lado vaidades e interesses pessoais ou partidários”, destacou. “O bem-estar da população do Ceará sempre estará em primeiro lugar e lutarei com todas as minhas forças por isso.”

O governador disse ainda que sempre defendeu que o combate ao crime organizado no país deve ser feito de forma cooperada entre os estados e o governo federal com o objetivo prioritário de proteger a população. “É papel de todos proteger a população, deixando de lado vaidades e interesses pessoais ou partidários”.

Camilo Santana destacou também a presença da Força Nacional de Segurança, que começou a chegar no Ceará na noite dessa sexta-feira (4). “Aproveito para dar as boas-vindas aos agentes da Força Nacional de Segurança e tropas federais que começaram a chegar ao Ceará ontem para contribuir com nossa polícia nesse enfrentamento”.

Há cinco dias, uma série de episódios violentos são registrados em Fortaleza e se estendem para várias cidades do Ceará. Para o defensor público Emerson Castelo Branco, que atua em presídios no estado, os incidentes se intensificaram depois de a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária ter anunciado “endurecimento” na atuação nos presídios, 12 no total.

A imprensa local do Ceará informa que a onda de violência chegou a Jericoacoara, paraíso de turistas por causa das praias, pois um ônibus foi incendiado nas proximidades de uma creche. Não há informações de vítimas.

Ordens

“Por minha determinação, todas as forças de segurança do Ceará [Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, agentes penitenciários e Pefoce] estão em regime permanente de plantão para coibir essas ações, prender os bandidos e proteger a nossa população”, afirmou o governador.

Apenas do Ceará, serão 29 mil profissionais destinados ao trabalho, de acordo com Camilo Santana. De acordo com ele, o foco é o combate ao combate ao crime organizado, fora e dentro de unidades prisionais. Para o governador, os criminosos têm um objetivo específico: pressionar o estado a recuar nas medidas adotadas. “Não há nenhuma possibilidade de acontecer. Pelo contrário: endureceremos cada vez mais contra o crime.”

O governador reiterou que haverá uma secretaria especialmente para a atuação nos presídios. Houve o reforço no sistema de segurança com a contratação de quase 10 mil profissionais nos últimos quatro anos e mais 600 foram convocados para atuação imediata. Também foram comprados equipamentos, mais de 2.100 viaturas e ampliado o esquema de tecnologia e inteligência.

Camilo Santana disse que conversa de forma permanente com os ministros da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, e Defesa, general Fernando Azevedo, para ações conjuntas. “É papel de todos proteger a população, deixando de lado vaidades e interesses pessoais ou partidários”, destacou. “O bem-estar da população do Ceará sempre estará em primeiro lugar e lutarei com todas as minhas forças por isso.”

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma topique da cooperativa Cooptrater foi incendiada na madrugada deste domingo, 6, em Baturité. O veículo fazia a linha Baturité-Fortaleza. As chamas consumiram todo o veículo, identificado pelo prefixo 00110044. Na tarde do último sábado, 5, uma topique também foi incendiada no bairro Paraíso das Flores, em Sobral, Região Norte do Ceará. O ataque ocorreu por volta das 13h30min., próximo ao campus da Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA). Já na madrugada de sábado, topiques que estavam estacionadas foram incendiadas na cidade vizinha de Massapê. A ação criminosa causou a suspensão do serviço de transporte na Cidade neste sábado. (Vídeo: WhatsApp O POVO)

Uma publicação compartilhada por O POVO Online (@opovoonline) em

 

Últimas de Brasil