Foto de mala mostra como militar brasileiro transportou 39 kg de cocaína em avião da FAB

Droga estava sem nenhum tipo de camuflagem e imagem foi feita em raio-X do aeroporto de Sevilla

Por iG

Mala estava sem camuflagem e tinha 37 pacotes de cocaína
Mala estava sem camuflagem e tinha 37 pacotes de cocaína -
Rio - Uma foto da mala carregada com 39 kg de cocaína pelo segundo-sargento da aeronáutica, Manoel Silva Rodrigues, de 38 anos, foi divulgada pelo site de notícias El País. A imagem mostra como o militar brasileiro "escondeu" a droga durante uma viagem no avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que levava o presidente Jair Bolsonaro a um encontro do G20.
Com 37 pacotes de cocaína, a bagagem não tinha sequer esconderijo falso. As embalagens da droga estavam guardadas dentro da mala sem camuflagem, o que, segundo o site de notícias, surpreendeu as autoridades espanholas.

Manoel Silva Rodrigues fazia parte da equipe de apoio à comitiva de Bolsonaro e foi flagrado no raio-X do aeroporto de Sevilla, no sul da Espanha. O militar foi preso ainda no terminal do local, na última terça-feira, antes de a comitiva seguir viagem para o Japão. Com a prisão, o presidente mudou a rota para Portugal.

Nas redes sociais, Bolsonaro pediu "punição severa" para o caso do militar e afirmou que o episódio era "inaceitável".

Comentários