Mulher morre após ser atacada com bomba de chimarrão por ex-namorado em Porto Alegre

Agressor não aceitava o fim do relacionamento de cinco anos e invadiu a casa da mulher às 7h da manhã. Segundo a polícia, os dois discutiram, ele quebrou objetos e iniciaram as agressões físicas com socos, pontapés, chutes e garfada

Por O Dia

Homem agrediu mulher com bomba de chimarrão (espécie de canudo)
Homem agrediu mulher com bomba de chimarrão (espécie de canudo) -
Porto Alegre - Uma mulher de 34 anos foi morta pelo ex-namorado da mesma idade que invadiu sua casa na Zona Norte de Porto Alegre na manhã do último domingo. Ela foi atingida com dois golpes de bomba de chimarrão. Socorrida ao Hospital Cristo Redentor, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.
O agressor não aceitava o fim do relacionamento de cinco anos e invadiu a casa da mulher às 7h da manhã. Segundo a polícia, os dois discutiram, ele quebrou objetos e iniciaram as agressões físicas com socos, pontapés, chutes e garfada. A vítima chegou a pedir socorro, mas ele acabou a matando com duas estocadas de bomba de chimarrão no pescoço e no abdômen. 
Ao ouvirem os gritos, vizinhos acionaram a Brigada Militar (polícia local), que conseguiu prender o homem em flagrante. Ele possui antecedentes criminais e está preso.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários