Rodrigo Maia (DEM-RJ) - Agência Brasil
Rodrigo Maia (DEM-RJ)Agência Brasil
Por iG
Brasília - Para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a demora do Ministério da Saúde em adquirir a vacina contra Covid-19 e apresentar um plano de imunização pode representar a maior crise de popularidade do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com Maia, em entrevista à Folha de São Paulo, a gestão de crise durante a pandemia "é o tema que pode gerar o maior dano de imagem. As pessoas estão começando a entrar em pânico, em desespero”. Para ele, a gestão faz voltar na memória das pessoas todos os erros do governo, desde o início da pandemia".

O presidente da Câmara ainda reforçou que a vacina é "o ponto mais crítico do governo". Ao pontuar os erros do presidente dentro dessa esfera, Maia cita "o conflito com o governador de São Paulo", que pode influenciar em escolhas importantes movidas por ideologia.