Balança comercial do país tem o melhor saldo em quatro anos

A balança também teve saldo positivo de R$ 4,435 bilhões em março, o melhor para o mês desde 1989

Por thiago.antunes

Rio - O saldo da balança comercial brasileira no primeiro trimestre de 2016 está positivo em US$ 8,4 bilhões. Esse é o terceiro melhor resultado da história, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, atrás apenas dos registrados para o primeiro semestre de 2006 e 2007. A balança também teve saldo positivo de R$ 4,435 bilhões em março, o melhor para o mês desde 1989.

O diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação do ministério, Herlon Brandão, esclareceu que o superávit é decorrente da queda das importações em ritmo mais acelerado que as exportações, fenômeno verificado desde o ano passado. Para 2016, o governo mantém a estimativa de superávit de US$ 35 bilhões.

“O superávit de março, que é histórico, se dá por conta de uma queda da importação superior à da exportação. A queda da importação está mais associada à atividade econômica e câmbio (pois o dólar em alta encarece as importações)”, explicou o diretor.

Brandão acrescentou que, no caso das exportações, há uma redução de preços, “devido ao desaquecimento da economia mundial e também maior oferta”. “Por outro lado, continuamos com crescimento do volume exportado e isso é bem significativo”, completou.

Segundo ele, entre os destaques na pauta de exportações está a soja, que registrou aumento de 49,8% na quantidade embarcada e de 32,2% no valor exportado em março, ante o mesmo mês de 2015. “A soja deve ter um aumento de quantidade, em relação a 2015, mas também está entrando (sendo embarcada) mais cedo”, informou Brandão. Ele citou a previsão da Companhia Nacional de Abastecimento, segundo a qual o volume de soja exportado deve ficar em 56 milhões de toneladas este ano, ante 54 milhões de toneladas na safra passada. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia