Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve sua previsão alterada pelo Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta terça-feira (3) pelo Banco Central - Tânia Rêgo/Agência Brasil
Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve sua previsão alterada pelo Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta terça-feira (3) pelo Banco CentralTânia Rêgo/Agência Brasil
Por O Dia

Rio - Em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor, celebrado na próxima quinta-feira, a Comissão Municipal de Defesa do Consumidor realiza, até o dia 20 deste mês, a Semana do Consumidor. Equipes

itinerantes de técnicos da comissão vão percorrer, a partir desta quarta-feira, bairros da cidade recebendo reclamações e tirando dúvidas dos consumidores, além de distribuírem exemplares do Código de Defesa de Consumidor (CDC).

 

Neste quarta, os técnicos estarão no bairro da Penha, na Zona Norte, na Rua Romeiros esquina com a Avenida Braz de Pina, das 10h às 15h. Já no dia 15, será a vez de Madureira, na Avenida Ministro Edgard Romero, em frente ao Império Serrano; dia 16, o bairro de Cascadura receberá a Comissão de Defesa do Consumidor na Praça Nossa Senhora do Amparo; dia 19, a ação será em frente ao Shopping de Madureira e no dia 20, o bairro de Quintino será contemplado na Rua Lemos de Brito, esquina com Rua Clarimundo de Melo.

 

De acordo com a presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da CMRJ, vereadora Vera Lins (PP), é cada vez maior o número de produtos piratas comercializados nas ruas da cidade, apesar das constantes fiscalizações e operações feitas pelos órgãos responsáveis. Além disso, as lojas também relutam em entender que, até que se prove o contrário, o consumidor tem sempre razão.

 

"Nosso objetivo com o trabalho itinerante é o de atender o maior número possível de consumidores que por vezes encontram dificuldades de garantir seus direitos. Nossos técnicos também irão orientar os consumidores sobre o perigo de comprar produtos piratas e falsificados. É preciso ainda que o comércio em geral entenda que hoje o consumidor está atento aos direitos, e que vai cobrá-los sempre que se sentir ludibriado", disse a parlamentar.

 

Os consumidores que quiserem reclamar ou denunciar o direito violado, podem encaminhar suas reclamações através do e-mail [email protected], e postá-las no site www.camara.rj.gov.br clicando no “reclame aqui” do link da Defesa do Consumidor, ou através do 0800 285 2121.

Você pode gostar
Comentários