Mais Lidas

Remédios vão ficar mais caros

Aumento autorizado passa a valer a partir do dia 31 de março

Por O Dia

Rio - Usuários de medicamentos vão pagar mais caro pelos remédios a partir do fim deste mês. Os preços vão aumentar até 2,84% no próximo dia 31, conforme O DIA informou em 10 de março. A correção foi autorizada ontem pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). O órgão aprovou um reajuste mínimo de 2,09%.

Os percentuais poderão ser aplicados em cerca de 13 mil apresentações disponíveis no mercado varejista. Com a variação aprovada ontem, o reajuste médio dos preços será de 2,43%. De acordo com a Agência Estadão Conteúdo, o anúncio ainda não foi publicado no DO da União, o que deve acontecer nos próximos dias.

No ano passado, o reajuste dos preços variou entre 1,36% e 4,76%. Em 2016, o aumento máximo autorizado foi de 12,5%. Em 2015, foi de 7,7%. Em 2014, de 5,68%.

Segundo o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), o aumento atualiza a tabela de Preços Máximos ao Consumidor (PMC) e não proporciona elevação automática nem ajustes imediatos nas farmácias e drogarias, principalmente em relação aos remédios que registram grande concorrência. A entidade recomenda que o consumidor pesquise nas farmácias as melhores ofertas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários