Mais Lidas

Senha do Meu INSS será no banco

Aposentado deixará de cadastrar código no site. Instituições que pagam benefícios prestarão o serviço

Por MARTHA IMENES

Para Janaína Fernandes, a medida vai beneficiar os segurados do INSS que não têm acesso à internet
Para Janaína Fernandes, a medida vai beneficiar os segurados do INSS que não têm acesso à internet -

Aposentados e pensionistas da Previdência não precisarão mais fazer a senha do Meu INSS pelo site do instituto. Os bancos pagadores de benefícios vão fornecer os códigos de acesso, informou a autarquia. Por enquanto, somente os bancos Itaú e Mercantil estão integrados ao sistema para fornecer as senhas. A opção para criar a senha fica disponível, geralmente, no menu 'Previdência' do serviço de Internet Banking, das duas instituições. Mas, segundo o INSS, outros bancos deverão oferecer o serviço também pelos seus canais remotos, como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

De acordo com o INSS, quando estiverem concluídos trâmites necessários para garantir a segurança dos milhares de dados e a interligação entre os sistemas relativos ao Meu INSS e as instituições pagadoras, todos os bancos participarão do fornecimento de senha. O código deixará de ser feito pelo site.

A medida foi bem vista por especialistas. "Muitos não têm acesso à internet ou têm dificuldades em usar o sistema. O recadastramento para prova de vida já é feito nos bancos, o cadastro de senha seria mais um serviço", avalia a advogada previdenciária Janaína Fernandes, do escritório Fernandes e Mantuano Advogados.

Vale lembrar que o Meu INSS é uma ferramenta que foi criada para facilitar a vida dos segurados. Acessível por meio de computador ou celular. Permite fazer agendamentos e consultas.

Alguns serviços do site precisam de senha e login para acesso. Para fazer o cadastro, é preciso CPF, nome completo, data de nascimento, nome da mãe e estado onde nasceu. Algumas perguntas são feitas para conferir a identidade do usuário. Ao respondê-las corretamente é gerado código de acesso provisório para entrar em meu.inss.gov.br.

Com o código, o segurado deve fazer login e senha. Logo em seguida, aparecerá a mensagem "senha expirada" para que seja criada seu próprio código, que deve ser: alfanumérico, ter 9 dígitos, conter um caractere especial (#@$%!*-/ .), ter pelo menos uma letra maiúscula e outra minúscula.

Veja os serviços mais comuns

Extrato previdenciário: É o histórico de toda a situação contributiva do trabalhador na ativa, seja empregado, individual, empresário, doméstico e também sobre o aposentado. Permite saber mês a mês se a empresa está repassando a contribuição e se os recolhimentos estão sendo feitos de forma correta. Dá para saber também quais os períodos que faltam para que o segurado possa garantir a comprovação futura ou se está perto ou não de se aposentar.

Simulação de tempo de contribuição: Conhecida como 'Calculadora do INSS', faz busca automática de todas as informações e dados de vínculos do segurado registrados nos sistemas do INSS para calcular o tempo de contribuição. Assim, pode saber quanto tempo falta para se aposentar. E caso haja buraco que não conste nos registros previdenciários, existe a opção de incluir manualmente os dados para fazer a simulação.

Histórico de crédito de benefício: É usado para comprovar que a pessoa recebe benefício do INSS e mostra sua renda mensal. Vale para fins legais como abertura de conta em bancos, de crediário, empréstimo consignado, gratuidade para idosos no transporte interestadual, programas educacionais, entre outras finalidades. Detalha valores, o banco e data de pagamento dos benefícios.

Aposentadoria por idade: Ao solicitar o benefício, será realizada uma busca para saber se o benefício pode ser concedido automaticamente. Se não for possível, basta agendar por meio do mesmo botão.

Salário maternidade: O mesmo acontece com esse botão. Ao solicitar o benefício do salário maternidade, será realizada uma busca para saber se o benefício pode ser concedido automaticamente. Se não for possível, basta agendar por meio do mesmo botão.

Carta de concessão: Documento que comunica ao cidadão sobre a concessão do benefício, a forma de cálculo utilizada para a renda mensal inicial e informações do banco que fará o pagamento.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Para Janaína Fernandes, a medida vai beneficiar os segurados do INSS que não têm acesso à internet Luciano Belford / Agencia O Dia
A medida deve injetar R$ 21 bilhões na economia do país e movimentar o comércio e outros setores Marcelo Camargo / Agência Brasil

Comentários