Poupança: saldo de R$ 5,8 bi em agosto

Depósitos na caderneta de poupança superaram os saques

Por O Dia

Rio - Os depósitos na caderneta de poupança superaram os saques em R$ 5,862 bilhões em agosto, de acordo com relatório divulgado ontem pelo Banco Central. Considerando os rendimentos de R$ 2,862 bilhões no mês passado, o total de recursos depositados na poupança chega a R$ 764,408 bilhões. Isso é resultado de aportes de R$ 1,458 trilhão e retiradas de R$ 1,441 trilhão.

No acumulado do ano até agosto a captação da poupança está positiva em R$ 16,960 bilhões. De acordo com o BC, os aportes na caderneta no mês passado somaram R$198,6 bilhões, enquanto os saques atingiram R$ 192,737 bilhões. Apenas no último dia do mês (31), a captação líquida foi de R$ 3,527 bilhões.

Foi o sexto mês consecutivo de captação líquida na poupança - ou seja, depósitos superiores aos saques - e o melhor resultado para agosto da série histórica, iniciada em 1995. Em julho, os depósitos superaram os saques em R$ 3,747 bilhões.

TR E SELIC

Atualmente, a remuneração da caderneta de poupança é formada pela taxa referencial (TR) mais 70% da Selic (a taxa básica de juros). A Selic, por sua vez, está hoje em 6,50% ao ano.

Quando a Selic é igual ou inferior a 8,5% ao ano, como ocorre agora, a remuneração da poupança passa a ser a soma da TR com 70% da Selic, que está em 6,5% ao ano.

 

Comentários

Últimas de Economia