Aposentados recebem atrasados a partir desta segunda

Justiça paga R$ 51 milhões a 2,9 mil segurados do INSS que ganharam ação em julho

Por MARTHA IMENES

Pagamentos dos atrasados são feitos em contas do BB ou da Caixa
Pagamentos dos atrasados são feitos em contas do BB ou da Caixa -

Rio - Quase três mil aposentados e pensionistas vão receber a partir de hoje R$ 51 milhões de atrasados do INSS. Esse grupo de segurados da Previdência Social ganhou ações na Justiça contra o instituto e as sentenças foram proferidas em julho deste ano. Os pagamentos serão feitos pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), que abrange os estados do Rio e do Espírito Santo. Não há mais como o INSS recorrer das decisões.

Os 2,9 mil segurados que vão receber a partir de hoje entraram com processos previdenciários como revisões e concessões de benefícios e receberão o dinheiro de atrasados que renderam até 60 salários mínimos, ou seja, até R$ 57.240. O crédito será feito em contas abertas pelo tribunal no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal por meio de Requisições de Pequeno Valor (RPV).

Para todos os TRFs do país foram liberados R$857,5 milhões para quitar 63.899 ações previdenciárias. Esses recursos foram liberados pelo Conselho de Justiça Federal (CJF).

Vale lembrar que pensionistas e herdeiros de segurados que processaram o INSS também têm direito aos atrasados. Neste caso, é preciso que eles se habilitem para receber o dinheiro no Juizado Especial Federal ou na Vara Federal, neste caso é exigida a participação de advogado.

Para se cadastrar para o saque dos atrasados, os herdeiros devem juntar certidão de dependentes do INSS, óbito, identidade, CPF, além de comprovante de residência. Outro caminho para saber se têm dinheiro a receber é consultar o BB ou a Caixa, bancos que pagam os valores das ações. 

Antivírus atualizado

Os beneficiados pelas sentenças podem verificar quando e quanto terão de atrasados pela internet no site www.trf2.jus.br. Mas devem ter cuidado para que seus dados não caiam em mãos de criminosos.

Para não ser vítima de fraude é importante manter instalado e atualizado o antivírus do computador.

"É recomendável sempre canais seguros de internet, aquela rede aberta grátis em lan house ou outro local, pode ser um chamariz para uma possível invasão", alerta Fábio Lutfi Machado, especialista em segurança virtual, da Qriar Cybersecurity .

Depois de ter a segurança conferida, é possível o segurado acessar a página www.trf2.jus.br sem medo.

Nela, vá no menu e clique em Precatórios/RPV, em seguida em "Consultas", depois "Pesquisa ao Público". Logo após "Confirmar" e ver o valor.

 

 

Comentários

Últimas de Economia