Projeção para a Selic no fim de 2018 permanece em 6,50% ao ano, mostra Focus

A instituição sinalizou que, caso o cenário piore, a taxa poderá começar a subir gradualmente

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Brasil - Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica) para o fim de 2018 e de 2019. O Relatório de Mercado Focus trouxe nesta segunda-feira, 8, que a mediana das previsões para a Selic este ano seguiu em 6,50% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. Já a projeção para a Selic em 2019 permaneceu em 8,00% ao ano, igual ao verificado há quatro semanas.

No caso de 2020, a projeção para a Selic passou de 8,19% para 8,38% e, para 2021, permaneceu em 8,00%. Há um mês, os porcentuais projetados eram de 8,00% para ambos os anos.

Há três semanas, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC anunciou a manutenção, pela quarta vez consecutiva, da Selic em 6,50% ao ano.

Ao mesmo tempo, a instituição sinalizou que, caso o cenário apresente piora, a taxa poderá começar a subir, de forma gradual. Esta mensagem foi reiterada na ata do Copom e no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgados há duas semanas.

Para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções (Top 5) de médio prazo, a mediana da taxa básica em 2018 seguiu em 6,50% ao ano, igual ao verificado um mês antes.

No caso de 2019, a projeção do Top 5 para a Selic passou de 7,63% para 7,88%, ante 7,63% de quatro semanas atrás. No caso de 2020, seguiu em 8,00% e, para 2021, também permaneceu em 8,00%. Há um mês, estava em 8,50% para 2020 e 2021.

Últimas de Economia