Carro bebendo muito? Veja possíveis causas e soluções

Pneus murchos e velas estão entre os itens que podem impactar o consumo do automóvel

Por Fabio Perrotta Jr.

As velas de ignição devem ser checadas a cada 20 mil quilômetros
As velas de ignição devem ser checadas a cada 20 mil quilômetros -

Se as idas ao posto de gasolina para abastecer o seu carro estão sendo cada vez mais frequentes, fique alerta: seu carro pode estar com problemas. Para ter certeza disso, basta usar a famosa equação de quilômetros percorridos dividido por litros de combustível consumidos para obter a tal média de km/l. Se o número for muito baixo, fique atento. Reunimos alguns itens que podem contribuir para esse desempenho ruim do carro. Confira:

Modo de dirigir

A forma de condução do carro influencia muito no consumo. Procure trocar a marcha em rotações mais baixas, sem forçar o motor em situações desnecessárias. A famosa “banguela”, prática de andar em ponto morto, não economiza combustível. Ande sempre com o carro engrenado, mesmo em declives, para melhorar o consumo.

Calibragem correta contribui para a eficiência do carro - FOTOS Divulgação

Pneus

A calibragem dos pneus é importante tanto para o conforto a bordo quanto para o consumo de combustível. Procure a etiqueta com a pressão correta para os pneus (ela costuma ficar na parte interna das portas ou até mesmo na parte interna da tampa de combustível). O pneu vazio exige mais força do motor para movimentar o carro e, consequentemente, maior consumo de combustível.

Sonda lambda

A sonda lambda, também chamada de sensor de oxigênio, tem como função principal analisar a mistura ar x combustível produzida durante a combustão do motor. Caso ela esteja com problema, a informação errada sobre a mistura de combustível para a central do motor irá demandar injeção a mais de combustível na câmara de combustão, sem necessidade. Com isso, o consumo aumenta. 

As velas de ignição devem ser checadas a cada 40 mil km - reprodução

Velas de ignição

A vela é de suma importância para o sistema de ignição do carro, produzindo as faíscas para a combustão. Acontece que, caso esteja com problema, a produção de centelhas será comprometida, afetando a queima de combustível. O que acontece basicamente é que nem todo combustível injetado na câmara de combustão é queimado, sendo descartado com outros gases no escapamento. Para compensar essa queima irregular, o sistema de ignição injeta mais combustível para normalizar o sistema e produzir a força que o carro precisa. A troca das velas é recomendada a cada 20 mil quilômetros, mas é bom revisar esse componente uma vez por ano pra não ter problemas. E não se esqueça dos cabos.

Bobina

A bobina é responsável por gerar a corrente necessária para a queima de combustível. Em caso de problema, o sistema pode apresentar falhas, como perda de potência e consumo exagerado. Sem tensão suficiente para queimar o combustível, ocorre um aumento da quantidade injetada de gasolina ou etanol.

O filtro de ar do carro é responsável por reter poluentes que prejudicam o rendimento do motor - Reprodução internet

Filtro de ar

Responsável por filtrar o ar que entra no motor para a combustão, o filtro pode aumentar o consumo de combustível por dois motivos. O primeiro é que impurezas podem passar pelo filtro velho e entrar junto com o ar na câmara de combustão, prejudicando a queima e obrigando o motor a injetar mais combustível. A segunda é o entupimento do filtro, prejudicando a entrada de ar e forçando as velas e o motor. O prazo de troca varia de 10 a 15 mil quilômetros, mas se no seu trajeto diário há sempre muito engarrafamento, é recomendado efetuar a troca na metade do tempo.

Galeria de Fotos

As velas de ignição devem ser checadas a cada 20 mil quilômetros reprodução
Carro é abastecido em posto de combustível Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
A marca TWI estipula o limite da banda de rodagem dos pneus do carro Divulgação
Calibragem deve ser feita a frio. Carro pesado deve ter pressão maior FOTOS Divulgação
O filtro de ar do carro é responsável por reter poluentes que prejudicam o rendimento do motor Reprodução internet
Painel de instrumentos tem computador de bordo ao centro. Dentre outras informações, o equipamento mostra consumo, autonomia, dados da viagem Lucas Cardoso

Comentários