Aluguel de imóveis vai subir 8,64% em maio

Reajuste leva em conta a variação do IGP-M, principal indexador do setor de locação, no acumulado em 12 meses

Por O Dia

O acumulado do IGP-M nos últimos 12 meses ficou em 6,39%
O acumulado do IGP-M nos últimos 12 meses ficou em 6,39% -

Rio - Os contratos de aluguel de imóvel com duração de 12 meses e que vencem em maio vão ter correção de 8,64% a partir ao mês que vem. O reajuste leva em conta a variação do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), principal indexador do setor de locação. O indicador subiu 0,92% em abril, desacelerando do patamar de 1,26% alcançado em março, segundo informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira. Com a alta de 8,64%, em um ano, um aluguel de R$ 1,5 mil, por exemplo, passará a R$ 1.629,60 a partir do próximo mês.

A taxa, contudo, foi a maior para o mês desde 2015, quando havia sido de 1,17%. Mesmo com o arrefecimento mensal, o IGP-M avançou em 12 meses, de 8,27% até março para 8,64% em abril. No ano, o indicador acumula alta de 3,10%.

O IGP-M de abril superou a mediana de expectativas da pesquisa do Projeções Broadcast, de 0,88%, mas ficou dentro do intervalo previsto, de 0,67% a 0,96%. Em 12 meses, as estimativas iam de 8,40% a 9,10%, com mediana de 8,59%.

O arrefecimento IGP-M entre março e abril foi determinado pela perda de força dos produtos no atacado no período. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) desacelerou de 1,67% no terceiro mês do ano para 1,07% neste mês.

Os preços agropecuários perderam força na passagem de março para abril. A desaceleração dos preços no atacado foi beneficiada pelo arrefecimento do IPA Agropecuário, que passou de 3,90% para 0,45% entre março e abril. Já o IPA Industrial acelerou de 0,93% para 1,28%.

Nos estágios de produção, houve arrefecimento nas três categorias analisadas. Bens Finais subiram 1,25% em abril, de 1,93% em março. Já os Bens Intermediários avançaram 0,47%, de 0,87%, enquanto as matérias-primas brutas tiveram alta de 1,57% em abril, ante 2,33% no mês anterior.

 

Com informações da Agência Estadão Conteúdo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários