Segurados do INSS dão de cara na porta na agência Marechal Floriano

Com a promessa de ter atendimento em outra unidade, trabalhadores não foram avisados

Por MARTHA IMENES

Transferência das perícias foi feita por conta do elevador que não está funcionando na agência
Transferência das perícias foi feita por conta do elevador que não está funcionando na agência -
Rio - Os segurados e beneficiários do INSS com perícia marcada para a agência da Previdência na Avenida Marechal Floriano, no Centro - aquela que está com o elevador quebrado e por conta disso um cadeirante subiu as escadas sentado -, voltaram a ter problema ontem. Apesar de o presidente do instituto, Renato Vieira, ter afirmado que os agendamentos seriam transferidos para outras unidades, vários segurados "deram de cara na porta" porque não foram avisados sobre a transferência de local para o novo atendimento.
Questionado pelo DIA, o INSS informou que algumas pessoas não foram avisadas da mudança no atendimento porque os números de contato estavam desatualizados na base de dados da Previdência Social. Mas, de acordo com reportagem exibida no RJTV 1ª Edição, da TV Globo, houve quem ligasse para a Central 135 e tivesse a confirmação do local de atendimento e, mesmo assim, não conseguiu passar pela perícia médica na agência. Sobre esse desencontro de informações, o INSS não se manifestou.
Relembre
Na última sexta-feira, após amargar seis meses de espera, de um adiamento de atendimento por conta do elevador quebrado no posto do Centro, o professor Jorge Crim, 62 anos, passou pelo constrangimento de ter que subir as escadas se arrastando para ser atendido.
O DIA tem recebido denúncias de segurados, que amargam longa espera na concessão do benefício, no Rio o atraso na concessão já ultrapassa 200 dias, e de servidores, que questionam o tratamento que a Superintendência Sudeste tem dado ao estado, que sofre com carência de pessoal.
"O Rio foi relegado a último plano. Até os contratos de manutenção do instituto saíram daqui e estão em Minas. E isso dificulta que qualquer agência possa tomar medidas mais rápidas para resolver qualquer problema", disse um servidor, que pediu para não ser identificado.
Como atualizar os dados pelo site
Pela internet, no site do INSS é possível corrigir nome, data de nascimento, endereço, telefone, e-mail, fazer a inclusão, alteração, encerramento, reinício e exclusão de atividade para os contribuintes individuais, empregados domésticos, e segurados especiais, entre outros.
Para atualização de endereço ou dados de contato o beneficiário deve acessar a página gov.br/meuinss. Em seguida vai abrir a tela principal do portal Meu INSS.
No menu à esquerda, selecione "Atualizar dados". Para fazer a mudança de endereço e contatos é preciso informar número do benefício, data de nascimento, nome do beneficiário, CPF e CEP. Em seguida clicar em "não sou um robô" e fazer as alterações.
Vale lembrar que o instituto oferece 90 serviços pelo portal e para acessá-los é necessário criar login e senha.
O atendimento deste serviço, conforme orientação do próprio INSS, será realizado à distância, não sendo necessário o comparecimento presencial nas unidades do instituto, a não ser quando solicitado. É possível fazer a alteração também pela Central 135 ou pelo aplicativo Meu INSS disponível para celulares.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários