Campanha para renegociar dívidas da Caixa

Campanha Semana Caixa de Conciliação vai até o dia 11

Por Marina Cardoso

Rio - Para os clientes da Caixa Econômica Federal que estão com dívidas e querem sair do vermelho, a instituição bancária promove a partir da próxima segunda-feira a Semana Caixa de Conciliação. A campanha é uma oportunidade para os correntistas físicos e jurídicos renegociarem os débitos e se acertarem com o banco para contratos comerciais ajuizados. Os descontos são de até 90% para liquidação à vista. No Estado do Rio, a campanha abrange 4.032 que podem negociar dívidas, em um total de 7.819 contratos. A Semana de Conciliação vai até sexta-feira, dia 11, em todo o país.

Em todo o país, cerca de 120 mil clientes podem regularizar os débitos. O banco informou que os clientes público-alvo da ação receberão carta-convite para participar. Sobre as condições especiais, eles anunciaram que variam de acordo com a situação do contrato e o tipo de operação de crédito. 

A iniciativa tem como objetivo finalizar os processos judiciais de maneira conciliatória, extinguindo a ação e possibilitando o resgate do poder de compra, pagamento e crédito do cliente no mercado, com a retirada das restrições dos cadastros externos.

Para o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, a conciliação é a forma mais rápida, eficiente e menos onerosa, para todas as partes, de encerrar um processo judicial, além de permitir aos clientes o resgate de sua cidadania financeira. "Nosso objetivo é promover condições para que os clientes com dificuldades financeiras possam regularizar sua situação de forma simples e vantajosa, além de contribuir para desonerar a justiça brasileira", ressalta Guimarães.

Os clientes que receberem carta-convite do banco poderão ser atendidos nas agências do banco ou em determinadas varas da Justiça Federal. A lista completa com os locais de atendimento pode ser conferida em: www.caixa.gov.br/vocenoazul.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários