Correntista do BB ficará livre da mordida de 0,25%

Por

O Banco do Brasil não vai cobrar a tarifa do cheque especial de seus clientes. A instituição financeira optou pela isenção para os atuais e os novos clientes ao longo de 2020. Conforme o BB, a medida visa fortalecer a relação com a clientela.

"A isenção da tarifa no cheque especial demonstra proporcionar a melhor experiência para nossos clientes está no centro da nossa estratégia. A medida demonstra que buscamos cada vez mais aliar a oferta de produtos e serviços de qualidade, com a definição de preços e taxas ainda mais competitivos", afirmou o presidente do banco, Rubem Novaes, em nota, ao anunciar a decisão de não cobrar 0,25% sobre limite que exceder R$ 500 do cheque especial a partir de 1º de junho do ano que vem.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários