Empresas são acusadas de aplicar golpes em clientes

De acordo com reportagem do Domingo Espetacular, 123 Importados e Star Magazine são acusadas de venderem e não entregarem produtos

Por iG

Vendas online crescem na pandemia, assim como os golpes
Vendas online crescem na pandemia, assim como os golpes -
Empresas são acusadas de venderem produtos que nunca chegam a ser entregues, causando prejuízo aos consumidores. Duas delas são a 123 Importados e a Star Magazine, de acordo com reportagem do programa Domingo Espetacular, da Record TV. O programa encontrou clientes que foram roubados pelas empresas. A história é a mesma: a pessoa faz a compra e realiza o pagamento, mas o produto nunca chega.

No caso da 123 Importados, que vende eletroeletrônicos, sobretudo televisores, os clientes pagaram os produtos em boletos à vista. Já no caso da Star Magazine, havia outras opções de pagamento.

A reportagem do Domingo Espetacular apurou, ainda, que a 123 Importados emitia notas fiscais em desacordo com a legislação, colocando sempre o mesmo cliente, mas com endereços diferentes.

O Procon-SP, que já recebeu denúncias contra a empresa, afirma que ela foi notificada pelo órgão. A 123 Importados terá que responder quantos televisores vendeu, quantos entregou e quantas notas fiscais emitiu das vendas feitas. A polícia civil já investiga o caso.

No caso da Star Magazine, consumidores compraram eletrônicos como videogames e celulares, e nunca os receberam. Yan Vilela, um dos entrevistados pela reportagem, disse que reclamou da empresa nas redes sociais, alertando para que outros consumidores não comprassem no site, mas seu comentário foi deletado pela Star Magazine.

Como evitar cair em um golpe
Com o crescimento do comércio digital durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), cresce também a oportunidade para que novos golpes surjam. De acordo com um levantamento realizado pela Loja Integrada, o número de pessoas que fizeram compras na internet pela primeira vez cresceu 51% entre março e abril, e isso torna o universo digital um terreno cada vez mais fértil para esse tipo de fraude.

Para evitar cair em um golpe contra o consumidor , é importante seguir algumas dicas:

- Desconfie de promoções boas demais. As duas empresas denunciadas tinham ofertas bastante atrativas
- Confira a reputação da empresa. Sites como Reclame Aqui e o próprio Procon são boas fontes para checar se já há reclamações contra a companhia
- Fique de olho nas formas de pagamento oferecidas. E-commerces que só vendem via boleto bancário costumam ser menos seguros

Comentários