- Divulgação
Divulgação
Por ESTADÃO CONTEÚDO
São Paulo - A United Airlines teve prejuízo líquido de US$ 1,637 bilhão no segundo trimestre de 2020, revertendo lucro de US$ 1,472 bilhão de igual período do ano passado. A companhia afirma em comunicado que este foi "o trimestre financeiro mais difícil em sua história de 94 anos", com prejuízo líquido ajustado de US$ 2,6 bilhões. A receita total operacional recuou 87,1% na comparação anual, a US$ 1,475 bilhão.

A companhia informa que o número de passageiros no segundo trimestre teve queda de 93,4% e a receita com eles, queda de 95,3%. Os números, obviamente, são fruto do impacto da pandemia da covid-19 e das restrições para conter a disseminação da doença. A United Airlines diz acreditar que fez o melhor trabalho possível, no quadro atual, e que espera encerrar o trimestre com a mais baixa média de queima de caixa diária entre as grandes companhias de transporte aéreo.

Após o balanço, a ação da United Airlines subia 1,18% no after hours em Nova York, às 17h35 (de Brasília), depois de ter recuado num primeiro momento depois da publicação dos resultados