Caixa reduz o horário de atendimento das agências

Mesmo com longas filas no período de pandemia, funcionamento será das 8h às 13h

Por Marina Cardoso

Trabalhadores têm sofrido em longas filas e aglomerações nas agências da Caixa. Situação deve pior
Trabalhadores têm sofrido em longas filas e aglomerações nas agências da Caixa. Situação deve pior -

Mesmo com as enormes filas que se tornaram frequentes em frente às agências, com trabalhadores enfrentando aglomeração durante horas para o receber o auxílio emergencial de R$ 600 da pandemia do coronavírus, a Caixa Econômica Federal anunciou que a partir de hoje terá um novo horário de funcionamento em todo o país. A instituição financeira decidiu por reduzir em uma hora o expediente bancário. Dessa forma, as agências vão estar abertas das 8h às 13h para o atendimento de serviços essenciais à população. 

Embora as filas permaneçam nas agências, a instituição bancária alegou que todas as pessoas que chegarem nas agências durante o horário de funcionamento serão atendidas. A Caixa recomendou não ser preciso madrugar nas filas mesmo com trabalhadores ainda vivendo uma saga para receber os seiscentão.

A Caixa ainda orienta os clientes a acessarem os serviços do banco por meio dos canais digitais. Através do Internet Banking Caixa, tanto para Internet e celular, estão disponíveis serviços para acesso a informações e transações de cartões de crédito, FGTS, benefícios sociais e habitação.

O banco lembra que os recursos do saque emergencial do FGTS e do auxílio emergencial podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem. Os usuários que precisam atualizar o cadastro no aplicativo, podem enviar a documentação pelo próprio aplicativo. Muitos usuários, no entanto, reclamam que não consegue executar os serviços.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS

Em relação ao calendário de pagamentos, hoje está permitido o saque em espécie do auxílio emergencial para os beneficiários do Bolsa Família com NIS final 1. Já no saque emergencial do FGTS, podem sacar em espécie os nascidos em janeiro e fevereiro.

O banco informou que já pagou R$ 156,8 bilhões para 66,2 milhões de pessoas. Foram 223,5 milhões de pagamentos. O site da renda básica recebeu mais de 1,6 bilhão de visitas e a central 111 registrou mais de 441 milhões de ligações. O aplicativo 'Caixa/Auxílio Emergencial' teve 112,7 milhões de downloads e o aplicativo Caixa Tem, para movimentação da poupança digital, ultrapassou 202 milhões de downloads.

Início do pagamento do PIS para nascidos em agosto

A Caixa Econômica inicia hoje o pagamento do abono salarial 2020/2021 para os trabalhadores nascidos em agosto que ainda não receberam por meio de crédito em conta. Os valores podem ser sacados com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências. Mais de 736 mil trabalhadores nascidos em agosto têm direito ao saque, com um montante total de cerca de R$ 568 milhões em recursos disponibilizados. 

O valor do abono varia de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de meses trabalhados no ano-base 2019. Depois dos aniversariantes de agosto, os próximos serão os nascidos em setembro a partir do dia 15 de setembro e, em 10 de outubro, os nascidos neste mês. 

Vale lembrar que tem direito quem está inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, vinculados a entidades e empresas privadas.

Também é necessário que os dados do trabalhador tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou eSocial, conforme categoria da empresa.

Galeria de Fotos

Trabalhadores têm sofrido em longas filas e aglomerações nas agências da Caixa. Situação deve pior Luciano Belford
Bancos brasileiros ficarão fechados no próximo feriado Cléber Mendes

Comentários