Agências do INSS permanecem fechadas por causa da covid-19. Para depositar o envelope com os documentos para cumprir exigência é preciso agendar pelo 135 ou Meu INSS - Gilvan de Souza / Agência O Dia
Agências do INSS permanecem fechadas por causa da covid-19. Para depositar o envelope com os documentos para cumprir exigência é preciso agendar pelo 135 ou Meu INSSGilvan de Souza / Agência O Dia
Por MARTHA IMENES
Os segurados do INSS que têm alguma pendência nos seus requerimentos e vão utilizar o sistema drive thru nos postos devem ter atenção redobrada na hora de deixar o envelope nas caixinhas: os conhecidos 'zangões' estão abordando as pessoas nas portas das Agências da Previdência Social (APS) e cobrando uma taxa de R$ 15 a R$ 20 para preencher o formulário disponível para entrega da exigência expressa. "Todo serviço do INSS é gratuito, não cabe pagamento de taxa para quem quer que seja", alerta Caio Figueiredo, gestor da Gerência Executiva Centro.

Para evitar o assédio, os segurados podem imprimir o formulário pelo site Meu INSS e preencher o documento com a ajuda de familiares ou ainda tirar dúvidas do preenchimento na central 135, orienta a gestora da Gerência Executiva Norte, Dina keller.

O formulário a ser preenchido pelo segurado é a Autodeclaração de autenticidade e veracidade das informações apresentadas, ele está disponível no site INSS.gov.br no link https://www.inss.gov.br/orientacoes/formularios/.

Readequação
O sistema drive thru começou a funcionar na segunda-feira e alguns problemas foram encontrados, entre eles a disposição das caixas, que estavam atrás de grades e o acesso não era lá muito favorável. Mas, segundo Caio, essa 'saia justa' já foi sanada. "Reorganizamos as caixas, elas estão em local coberto e seguro", disse Caio ao jornal O DIA.

Um dos problemas encontrados por Marcos Fernandes, gestor da Gerência Executiva de Duque de Caxias, que de 14 agências somente duas não têm a urna, foram solicitações fora do comum nos envelopes. "Senha do Meu INSS e pedido de agilização de processo foram alguns dos pedidos encontrados na caixa", conta Fernandes, que adverte: "O documento original não deve ser colocado na urna e não é preciso autenticar as cópias".
Dicas
É preciso observar algumas recomendações para ter o documento enviado por via expressa: preencher e assinar o formulário de “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações” e inseri-lo em um envelope lacrado juntamente com a cópia da identidade e as cópias simples dos documentos apontados na exigência, que são informados via Meu INSS, ligação telefônica ou por email.

O envelope deverá ser identificado pelo lado de fora com os seguintes dados: nome completo, CPF, endereço completo, telefone (mesmo que para recado), email, se tiver, e número do protocolo do agendamento da exigência expressa.

De acordo com o INSS, as urnas ficam disponíveis de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, ou das 8h às 14h, dependendo da localidade. Sua utilização não se aplica aos pedidos de antecipação do auxílio-doença, nem pedido de senha do Meu INSS.
Publicidade
Instituto já fez alerta em julho
Um problema corriqueiro em relação a segurados e INSS são pessoas de má-fé que buscam ludibriar ou se dar bem em cima dos beneficiários do INSS. Conhecidos como 'zangões', essas pessoas estão sempre à disposição para conseguir um benefício, preencher papéis, fazer 'a ponte' entre o segurado e empresas de crédito consignado e alguns até prometem o 'aposente já', escrito em muros e faixas espalhadas pela cidade.

Em julho passado, o INSS alertou sobre golpes usando o nome do instituto. Golpistas estavam se passando por atendentes da Central 135 e pedindo dados pessoais ou número do benefício. "Caso isso aconteça, não confirme. O INSS, quando entra em contato com o cidadão, não pede este tipo de informação", alerta o instituto.

Essa nova tentativa de roubar dados de aposentados está ocorrendo porque o INSS começou a entrar em contato com os segurados que precisam cumprir exigências, por meio de ligações da Central 135 ou SMS, com as orientações sobre como proceder para o envio de documentação.

Na ligação verdadeira, o segurado será informado da pendência no requerimento e deverá fazer o envio da documentação pelo portal Meu INSS, para isso é preciso criar login e senha no site ou no aplicativo. Nessa fase, segundo o instituto, cerca de 325 mil segurados deverão ser contatados por um atendente.

No link https://www.inss.gov.br/e-possivel-cumprir-exigencias-pelo-meu-inss/ é possível verificar como cumprir a exigência.
Publicidade
52 agências no estado têm o sistema
O sistema de cumprimento de exigência expresso, ou drive thru, está em funcionamento em 52 postos do INSS em todo estado desde a segunda-feira. Mas atenção, antes de ir à agência é preciso ligar para a central 135 ou entrar no site Meu INSS com número do protocolo do benefício em análise, nome e CPF e fazer um agendamento prévio para depositar o envelope na caixa.

Na capital têm sistema drive thru as Agências da Previdência Social (APS) de Campo Grande (Rua Engenheiro Trindade 429), Irajá (Av. Brasil 17.673), Maracanã (Rua São Francisco Xavier 324), Cidade Nova (Av. Presidente Vargas 1.997), Barra (Av. Armando Lombardi 385), Copacabana (Av. Nossa Senhora de Copacabana 1.049).

Na Baixada algumas APS têm a caixinha, entre elas Belford Roxo (Av. Benjamin Pinto Dias 895), Duque de Caxias tem três postos (Av. Nilo Peçanha 782, Centro; R. Jornalista Moacir Padilha s/nº, Jardim Primavera; e Rua Marechal Deodoro 1.119, Bairro 25 de Agosto), Itaguaí (Rua Dr. Monteiro Azevedo 34), Japeri (Estrada Ary Schiavo 993), Magé (Av. Simão da Mota 785), Nova Iguaçu (R. Visconde do Uruguai 531) e Queimados (Estrada Carlos Sampaio 7).

A lista completa pode ser conferida em https://www.inss.gov.br/inss-divulga-orientacoes-para-entrega-de-documentos/.