IPTU não pode ser mais pago na Caixa Econômica e em lotéricas

Segundo a Prefeitura do Rio, contribuintes têm outras opções para recolher tributos

Por Marina Cardoso

A Barra teve a maior diferença de preço em relação a outros bairros de uma mesma zona da cidade. Proximidade da praia eleva valores
A Barra teve a maior diferença de preço em relação a outros bairros de uma mesma zona da cidade. Proximidade da praia eleva valores -
Rio - Os cariocas não podem mais pagar as cotas do IPTU 2019, impostos e taxas municipais em agências da Caixa Econômica Federal, nas casas lotéricas e nos correspondentes bancários da instituição financeira. De acordo com a Prefeitura do Rio, o banco não recebe pagamentos desde o dia 1º de junho. O motivo do fim do contrato de prestação de serviço de arrecadação seria devido a não aceitação da Caixa em manter as tarifas atuais pagas pelo município.
De acordo com a Prefeitura do Rio, os contribuintes dispõem de outros nove bancos credenciados que estão aptos a receber receitas municipais, cuja lista está disponível no site da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF).
Além disso, a pasta também explicou que os pagamentos podem ser feitos em mais de 150 correspondentes bancários, como supermercados, lojas comerciais e farmácias. A lista dos correspondentes bancários também pode ser acessada pelos contribuintes por meio da plataforma online da Fazenda Municipal.
Em nota, a Caixa Econômica confirmou o encerramento da prestação de serviços de arrecadação de tributos municipais para a Prefeitura do Rio em virtude de vencimento do contrato. Ainda segundo o banco, já há novo edital de credenciamento aberto pela prefeitura, cujas condições estão sendo avaliadas pela instituição financeira.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários