Economia

Rock in Rio 2017 vai incrementar o volume de negócios na cidade

Com oito grandes patrocinadores e mais de 50 empresas parceiras festival vai de 15 a 24 deste mês

Rio - Junte em 300 mil metros quadrados estrelas do rock, astros da música pop, público esperado de 100 mil pessoas por dia, comidas, bebidas, acessórios e atrações radicais, e até mesmo um supermercado. São 8 grandes patrocinadores e mais de 50 empresas parceiras envolvidas no festival. Tudo isso estará na Cidade do Rock, de 15 a 24 deste mês na sétima edição do Rock in Rio, que esse ano ocupará o terreno do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca e vai incrementar os negócios na cidade.

Além das atrações musicais, o festival também oferece opções de divertimento, entre eles tirolesa, roda-gigante, montanha russa, mega drop. Um dos maiores sucessos das últimas edições, roda-gigante, patrocinada pelo Itaú, ficará localizada entre o Palco Sunset e a Rock Street África, bem de frente para o Palco Mundo. De acordo com a organização, a estrutura é a maior do gênero transportável da América Latina, com 24 gôndolas para seis passageiros cada, com capacidade para 144 pessoas. Haverá espaço destinado a pessoas com necessidades especiais. A estrutura, que tem 35 metros de altura e é toda iluminada em LED, e quem andar terá vista privilegiada da Cidade do Rock e do Palco Mundo.

Com oito grandes patrocinadores e mais de 50 empresas parceiras festival vai de 15 a 24 deste mês Divulgação

Próximo do palco de música eletrônica ficará o mega drop, a maior torre de queda livre do Brasil, com 40 metros de altura, com patrocínio da Doritos. Doze "aventureiros" vão aproveitar a cada ciclo da atração: sentados e com cinto de segurança, serão elevados a uma altura equivalente a um prédio de 13 andares para em seguida caíram em queda livre.

A montanha russa, patrocinada pela Ipiranga, ficará no Rock District. A estrutura tem 335 metros de percurso e um looping de 12 metros de altura, além de espirais, subidas e quedas. Para atender a todo o público, são três trens que levam 36 passageiros por circuito.

E quem volta à Cidade do Rock para alegria dos loucos por adrenalina é a tirolesa da Heineken. A estrutura ficará em frente ao Palco Mundo e estará aberta àqueles que se aventurarem a sobrevoar o público, como fez o vocalista da banda 30 Seconds to Mars, Jared Leto na edição de 2013, e deslizar por um cabo aéreo.

Assim como em 2015, as atrações radicais terão sistema de agendamento com hora marcada, para evitar grandes filas e permitir que o público aproveite toda a Cidade do Rock, que contará com um Centro de Controle de Operações para monitorar todos os aspectos do festival, inclusive as filas, nos moldes das mais avançadas smart cities do planeta. Até mesmo os banheiros terão indicação de uso e de outros sanitários próximos com ocupação menor.

Considerado o maior festival de música do planeta, o Rock in Rio está em sua 17º edição, as cidades do Rio de Janeiro (Brasil), de Madrid (Espanha), de Lisboa (Portugal) e de Las Vegas (Estados Unidos), fazem parte dessa história. Só na capital carioca, o evento já está em sua sétima edição. Desde sua estreia, em 1985, o Rock in Rio já reuniu cerca de 8,5 milhões de pessoas na plateia, 1.588 artistas se apresentaram nos palcos do festival, 182 mil empregos foram gerados e 500 milhões de pessoas foram impactadas desde 2015

Carona do Rock

Mas nem só atrações radicais serão encontradas no evento deste ano. Pela primeira vez, visitantes terão um supermercado no local. O Prezunic além de montar a primeira loja do setor também oferecerá a Carona do Rock e uma série de atividades a quem já garantiu o ingresso. Em todos os dias de evento, vans especiais sairão de três lojas da rede Prezunic (Barra, Méier e Freguesia) em direção à Cidade do Rock transportando os clientes, com direito a lounge exclusivo e DJ antes do embarque.

Quem quiser usar o serviço dever fazer, ao menos, R$ 70 em compras nas lojas da rede, o que dá direito a um voucher de transporte. Ao todo, serão 36 saídas por dia, com capacidade para levar até 3.780 pessoas nos sete dias de festival. Para garantir o espaço na van é preciso apresentar o cupom fiscal no Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) e fazer o agendamento em uma das três lojas de onde partirão os veículos. O cliente pode escolher dia e horário de preferência, conforme o limite de vagas (15 pessoas por van).

"Queremos proporcionar ao nosso cliente experiência diferenciada para que ele já possa entrar no clima do festival, comprar petiscos e bebidas, com direito a DJ em nosso lounge, enquanto aguarda o horário da van, sem correria", explica Lorena Santos, gerente de Marketing do Prezunic.

O critério para ter direito ao embarque no Carona do Rock é por ordem de agendamento. As saídas acontecem a cada 45 minutos, das três lojas do Prezunic, a partir das 13h15, em todos os dias do festival. O trajeto é apenas de ida, e a última van sai às 21h30. Menores de idade precisam estar acompanhados do responsável. A marcação pode ser feita até o dia 22 de setembro, enquanto houver vagas.

Fãs viram cantores na Rock Street África

Já imaginou cantar em plena Rock Street África? A Coca-Cola vai promover a experiência ao público com a marca Fanta, que vai estrear no festival com a Casa Fanta Guaraná. Uma banda composta exclusivamente por fãs vai tocar e cantar em tributo a seus ídolos no espaço de 180m² da Coca-Cola no festival.

“Somos uma empresa com foco no consumidor, o que nos leva a estar sempre em busca da melhor forma de nos conectarmos com as pessoas. O Rock in Rio é uma grande oportunidade para proporcionarmos um momento único para os consumidores”, afirma Luciano Lucas, gerente de experiências de marcas da Coca-Cola Brasil.

Casa Fanta terá atrações diversas Divulgação

Os integrantes da Coca-Cola Band - guitarristas, baixistas, bateristas e tecladistas - vão fazer o esquenta na página da marca no Facebook: https://www.facebook.com/cocacolabr/. No festival, serão 30 sessões por dia e o repertório terá como inspiração músicas dos artistas do line-up e clássicos do rock e pop. Além de cantar, quem quiser assumir algum instrumento poderá fazer uma audição rápida no estúdio da Coca-Cola FM, rádio da marca que assina o espaço.

As inscrições serão feitas na hora. Após a apresentação, os participantes receberão um link com foto do momento “astro da música” para compartilharem nas redes sociais e até imprimir de recordação. Nos intervalos, a animação fica por conta do DJ Rapha Lima e promotores da marca, e o público poderá curtir a ação bebendo Coca-Coca Zero, com nova receita, distribuída durante o evento.

Na estreia de Fanta no festival, a marca terá a Casa Fanta Guaraná na Rock Street África. Será um espaço para recarregar as baterias. Com cenografia que simula uma floresta tropical, além de pufes “de pedra” e Fanta Guaraná liberados, diversos cipós pendurados com carregadores de celular estarão disponíveis para o público. https://www.facebook.com/fantabrazil/

Espetto Carioca

Estreante na Cidade do Rock, a Espetto Carioca vai levar um cardápio diferenciado ao festival com alguns de seus espetos considerados “carros-chefes” da rede, além dos tradicionais sanduíches de churrasco. O público poderá degustar os sabores de carne (R$ 12), frango (R$ 12), misto (R$ 12) e salsichão (R$ 13). Também estarão disponíveis sanduíches de churrasco, que serão servidos em pão especial com cobertura de provolone, molho barbecue e batata palha, com preço a partir de R$ 20. Outra novidade são os três combos, idealizados exclusivamente para o evento, com preço a partir de R$ 25 e que vão agradar a todos paladares e idades. Com investimento de R$ 150 mil, o Espetto Carioca espera atingir um total de 50 mil unidades vendidos durante os sete dias de shows.

“É com muito orgulho que anunciamos nossa estreia no maior e mais importante festival de música, cultura e entretenimento do planeta. Temos certeza que o nosso conceito de espetos e sanduíches serão um diferencial na alimentação do público que estará presente nos sete dias do Rock in Rio 2017”, destaca Leandro Souza, presidente da rede Espetto Carioca.

Festival deve gerar R$ 74 milhões em hospedagem, diz estudo

O RioCeptur, Centro de Pesquisas do Rio Convention & Visitors Bureau, calculou o impacto econômico que será gerado pelos hóspedes durante o Rock in Rio. Segundo a análise, com base na pesquisa prévia divulgada pela Associação de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), a receita potencial em hospedagem será de R$ 74 milhões, representando a arrecadação de R$ 3,7 milhões em Impostos Sobre Serviço (ISS) para os cofres municipais.

De acordo com a ABIH-RJ, o primeiro fim de semana do evento (de 15 a 17 deste mês) conta com 67% dos quartos reservados. Segundo a análise do RioCeptur, o percentual representa a ocupação de 40.200 quartos de hotéis e 168,8 mil hóspedes em potencial, que devem gerar uma receita de R$ 29 milhões.

Na segunda semana do Rock in Rio (21 a 24), a pesquisa prévia da ABIH-RJ aponta que 77% dos quartos já estão reservados. Cálculos do RioCeptur indicam que a taxa representa a ocupação de 46.200 quartos, com 258,7 mil hóspedes em potencial e receita estimada em R$ 45 milhões.

A análise do RioCeptur ressalta, ainda, que, mesmo com 15 mil novos quartos de hotéis na cidade, as reservas para a segunda semana do evento já superam o mesmo período do último Rock in Rio, quando a hotelaria contou com 63,03% dos quartos ocupados. Para a primeira semana do evento, a diferença é de apenas 5%. Em 2015, o balanço final da ABIH-RJ registrou 73,06% de ocupação.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie