Glória Pires - Raquel Cunha/TV Globo
Glória PiresRaquel Cunha/TV Globo
Por Gabriel Sobreira
Publicado 08/01/2018 15:51 | Atualizado 09/01/2018 13:20

Depois de ter a verdade revelada sobre ter forjado sua própria morte, Duda (Gloria Pires) sofrerá com a ódio da filha caçula, Adriana (Julia Dalavia). Mesmo hospitalizada - a dona do bordel sofre um princípio de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e é internada, mas Adriana não consegue conversar com Duda.

Em 'O Outro Lado do Paraíso', a partir do dia 23, na Globo, a advogada será interpelada pelo pai, Henrique (Emílio de Mello), que pergunta se ela não sente amor pela mãe. "Eu tenho mágoa. Talvez ódio. Ela não tinha o direito de me abandonar todos esses anos. Deixar uma filha crescer sozinha, em nome de seu próprio medo de ser presa?", diz a garota.

Em conversa com a irmã, Clara (Bianca Bin), Adriana fala que se sente traída por Duda. "Minha mãe desapareceu anos e anos, fingiu que estava morta. Me abandonou. Não é fácil de engolir. Nenhum motivo é suficiente para abandonar uma filha", afirma. A fim de sensibilizar Adriana, Clara entregará a boneca que foi da advogada quando pequena e que, apesar desses anos todos, Duda nunca se separou do brinquedo.

A situação entre mãe e filha piora depois da morte de Natanael (Juca de Oliveira), que sofre um ataque durante uma discussão com Duda. "Ele teve o ataque que você provocou", diz Adriana para a mãe, que tenta explicar o acontecido. "Não, filha, não", implora Duda. "Não me chame de filha. Você foi responsável pela morte de meu avô. Eu nunca vou perdoá-la. Nunca", diz.

 

Você pode gostar
Comentários