WhatsApp recorre da decisão de bloqueio na Justiça

Mais cedo, representaten do aplicativo criticaram a decisão da juíza carioca

Por luis.araujo

Rio - O WhatsApp informou que está apelando da decisão judicial de bloqueio do serviço de mensagens no País, tomada em primeira instância pela Justiça do Rio. A assessoria de imprensa da empresa, controlada pelo Facebook, não deu detalhes sobre o recurso. Mais cedo, o WhatsApp criticou a decisão da Justiça.

'O WhatsApp trata o Brasil como uma republiqueta', diz juízaJustiça do Rio manda bloquear WhatsApp por 72 horas no Brasil

"Nos últimos meses, pessoas de todo o Brasil rejeitaram bloqueios judiciais de serviços como o WhatsApp. Passos indiscriminados como estes ameaçam a capacidade das pessoas para se comunicar, para administrar seus negócios e viver suas vidas. Como já dissemos no passado, não podemos compartilhar informações às quais não temos acesso. Esperamos ver este bloqueio suspenso assim que possível", diz uma nota distribuída pela empresa.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia