Mais Lidas

Coluna Esplanada: Esquenta a chapa no Supremo

Juízes pretendem encerrar a semana com a conclusão de 40 depoimentos de executivos e ex-executivos da Odebrecht

Por thiago.antunes

Brasília - A força-tarefa da Lava-Jato está a pleno vapor após o aval da presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia. Os juízes pretendem encerrar a semana com a conclusão de 40 depoimentos de executivos e ex-executivos da Odebrecht.

Faltarão apenas 37 para a próxima semana - entre os dias 6 e 10 de fevereiro. Os juízes que analisam os depoimentos da gangue da empreiteira não escondem a surpresa ao se depararem com os apelidos atribuídos aos políticos citados. No Congresso, a aproximação da data fez crescer o “clube do Rivotril”.

Efeito colateral

Parlamentares da oposição, alguns citados pelos executivos da Odebrecht, apostam todas as fichas na homologação dos depoimentos para estancar a tramitação da Reforma da Previdência.

Empate

A suspeita é que o empresário Eike Batista sabia da Operação Eficiência. O vazamento também ajudou a TV Globo, que estava a postos com links em quatro pontos às 6 da manhã.

Registro

Dilma Rousseff disse, em abril de 2012, que seria normal uma parceria entre a EBX, de Eike, e a Petrobras. Em São João da Barra (RJ), a ex-presidente disse que ele tinha um “caráter de empresário nacional”.

Seguros

O Itamaraty tem informações sigilosas que apontam que os brasileiros desaparecidos na travessia do mar do Caribe estariam há dias na Flórida. Estariam bem escondidos com medo da política contra imigração do presidente americano Donald Trump. O barco com 19 cidadãos brasileiros (de Minas, Rondônia e Pará) teria naufragado em novembro passado.

Dia de protesto

Os motoristas do Uber planejam uma paralisação na cidade de São Paulo no dia 10 de fevereiro. Não é um protesto contra taxistas, mas sim contra a própria Uber.

Lucro maior

Querem que a empresa retenha um percentual menor em cada corrida e querem acabar com o pagamento em dinheiro, que afirmam estar gerando assaltos.

Não, obrigado

O advogado Marcus Vinicius Furtado Coelho, ex-presidente da OAB, se diz honrado por ser lembrado entre os que poderiam assumir uma vaga no STF.

Prioridade

A prioridade de Furtado agora é atuar até o fim do processo como advogado de Michel Temer, no TSE, que pode custar o cargo do presidente da República.

Facções

Conselho Penitenciário dividiu-se. Enquanto sete pediram para sair, cinco divulgaram nota de apoio ao ministro da Justiça Alexandre Moraes.  

Direitos no campo

Está praticamente pronta a lista suja de empresas que usam trabalho escravo. Muitas foram flagradas ao longo de 2016 por fiscalizações do Ministério Público do Trabalho. A última lista, divulgada há um ano, revelou o nome de 340 empresas. A tendência é de que esse número seja maior.

Modelo

A divulgação da lista foi suspensa pelo governo Temer, mas a Justiça do Trabalho mandou divulgar regularmente. A lista suja instituída em 2003 é uma referência mundial. É considerada pelas Nações Unidas como um dos principais instrumentos de combate ao trabalho escravo. A presença na lista impede o financiamento de projetos e moraliza o pagamento de direitos fundamentais dos trabalhadores.

Tropeço cultural

Candidatos à Mesa Diretora da Câmara infringem a lei do tombamento histórico com os banners de propaganda nos postes da Esplanada dos Ministérios. Cadê o Iphan ou a Agefis?

Ponto Final

Eike Batista era um visionário. O “X” era de xilindró.

Coluna de Leandro Mazzini

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia