Mais Lidas

Coluna Esplanada: Lula pode levar sentença de Moro à OEA

Petistas já recorreram, sem êxito, à entidade em 2016 para denunciar 'golpe' contra Dilma Rousseff

Por marlos.mendes

Brasília - Deputados, senadores, dirigentes e militantes do PT discutem a hipótese de denunciar a condenação do ex-presidente Lula à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Os petistas já bateram, sem êxito, às portas da OEA em 2016 quando denunciaram o “golpe” contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Uma das cadeiras da Comissão é ocupada por Flávia Piovesan, secretária especial de Direitos Humanos do Governo de Michel Temer.

‘Justiceiro’

Ex-presidente da OAB do Rio, o deputado Wadih Damous (PT) soltou o verbo contra o juiz Sérgio Moro: “É um justiceiro. Ele atua fora da lei, não tem isenção”.

Logo quem

O ex-mensaleiro Valdemar da Costa Neto, dono do PR, sempre aliado de todo e qualquer Governo, está criando outro partido, o Muda Brasil.

Em nome de Deus..

Em tempos de Java Jato e escuta para todo lado, três lobistas escolheram a Catedral de Brasília para negociar. Foram flagrados ontem por turista num dos bancos da igreja.

Chapa fria

Pré-candidato à Presidência e de saída do PSC, o deputado Jair Bolsonaro está dividido entre o PSDC — de Ey, Ey, Eymael — e o PHS. Conta a aliados que foi chamado por Valdemar da Costa para ingressar nas fileiras do futuro Muda Brasil, e sair como candidato com o senador Magno Malta (PR) de vice. Pulou fora.

Olho no trono

Já era esperado que o presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), não somasse votos pela aceitação da denúncia contra o presidente Temer. Pacheco não quer desagradar “gregos nem troianos”. Mira a sucessão de Rodrigo Maia na Câmara

ANP omissa?
A Agencia Nacional do Petróleo permanece omissa após o CADE condenar e multar por formação de cartel a Raízen Combustíveis – Shell em mais de R$ 30 milhões. Após dois anos da sentença, a ANP ainda analisa o caso ‘internamente’ e não quis comentar.

Bomba ativa

A Raízen avisa que o processo envolve um único posto de abastecimento da rede e que a situação está ainda na primeira instância na Justiça.

Gurgel: extrema gravidade

Responsável pelas investigações do Mensalão do PT, o ex-PGR Roberto Gurgel avalia que, depois daquele considerado o maior esquema de corrupção, o “Brasil passa por um momento de extrema gravidade”. À Coluna, Gurgel resume: “as questões relacionadas à corrupção não param de ganhar uma dimensão a cada momento maior que a anterior”.

Sério e sóbrio

Sobre os ataques ao Ministério Público e as tentativas de intimidação do Judiciário, como a discussão da Lei de Abuso de Autoridade, o ex-procurador Roberto Gurgel revida: “Em muitos casos o que nós temos é apenas o inconformismo de pessoas que são alvos dessa atuação do MP”, diz Gurgel, hoje advogado.

Na moita

Já em relação à denúncia contra o presidente Michel Temer apresentada por Rodrigo Janot, o ex-PGR Gurgel evita comentários sobre a atuação do colega: “Não tenho informações suficientes para falar sobre isso”.

Mico educacional

Projeto de Lei que cria a Universidade Federal do Delta do Parnaíba, no Piauí, deixou passar um pequeno erro documental. “A UFDPar deverá ser pautada por princípios orientadores que visem à integração e ao desenvolvimento dos municípios que perfazem Rondonópolis e seu entorno”, diz o PL. Rondonópolis é um município de Mato Grosso.

Sem clima

Ministros do PSDB não escondem o constrangimento de compor o Governo. Foram cobrados e criticados – principalmente Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo) – pela cúpula palaciana pelos cinco votos contrários a Temer na CCJ.

Ponto Final

“Não é possível que o ex-presidente Lula não participasse, não soubesse e fosse totalmente alheio a tudo que se assistia de denúncias de corrupção e lavagem de dinheiro. Não é à toa que ele responde por cinco processos”,

Do líder do PPS na Câmara, deputado federal Arnaldo Jordy (PA).

Coluna de Leandro Mazzini

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia