Supremo julga denúncia por racismo a Bolsonaro nesta terça-feira

Corte decidirá se acatará a acusação; candidato diz que intenção da denúncia é 'criar fato político'

Por

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro -

RIO - O Supremo Tribunal Federal decide nesta terça-feira se recebe denúncia contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) por racismo. Nesta segunda-feira, o presidenciável disse que a intenção da denúncia é "criar um fato político". Em agenda no mercadão de Madureira, ele disse que não estava preocupado com o julgamento.

Bolsonaro é acusado pelos crimes de racismo em relação a quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs, por frases em palestra no clube Hebraica, no Rio.

"Não quero criticar o Supremo aqui, mas a questão dos índios... sou contra a demarcação de terras indígenas em vigor", disse.

Sobre quilombolas, Bolsonaro questionou: "Por que não titularizar esses quilombolas e, se quiserem vender suas terras, que vendam?", indagou.

Comentários

Últimas de Brasil