Congresso executa preparativos finais para posse de Bolsonaro

Logo na chegada, Bolsonaro será recebido na rampa da Casa pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB-CE)

Por Agência Brasil

Filas de cadeiras estão organizadas para posse presidencial no Salão Nobre do Palácio do Planalto
Filas de cadeiras estão organizadas para posse presidencial no Salão Nobre do Palácio do Planalto -

Brasília - Homens das Forças Armadas executam neste momento os preparativos finais para receber o presidente eleito, Jair Bolsonaro, no Congresso Nacional. A previsão é que ele desembarque próximo à rampa da Casa por volta das 14h50.

Logo na chegada, Bolsonaro será recebido pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB-CE).

Após passar pelos Dragões da Independência, ele receberá os cumprimentos da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, ainda na entrada do Salão Negro.

Em seguida, o presidente eleito passa pela ala de homens da Força Aérea Brasileira e, posteriormente, da Marinha, já no Salão Verde, de onde se dirige ao plenário da Câmara dos Deputados para a sessão solene de posse.

Encerradas as atividades no plenário, Bolsonaro, já presidente empossado, se desloca junto às demais autoridades presentes para a sala da Presidência do Senado Federal, onde aguarda alguns minutos até que a cerimônia externa seja iniciada - incluindo a salva de tiros.

Além dos 21 tiros, a solenidade inclui a execução do Hino Nacional, a revista de tropas e uma breve apresentação de aeronaves da Esquadrilha da Fumaça. Por fim, Bolsonaro segue para cerimônia no Palácio do Planalto, com chegada do cortejo presidencial prevista para as 16h30.

Últimas de Brasil