Queiroz tem alta do Albert Einstein; filhas e mulher faltam depoimento

Nathália Melo de Queiroz e Evelyn Melo de Queiroz, filhas de Fabrício Queiroz, e sua companheira Márcia Oliveira de Aguiar, se mudaram temporariamente para São Paulo, onde permanecerão por tempo indeterminado até o final do tratamento médico do policial militar e ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Por *LUIZ FRANCO

Fabrício Queiroz estava internado no Albert Einstein desde o dia 30
Fabrício Queiroz estava internado no Albert Einstein desde o dia 30 -

Rio - Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), teve alta às 12h20 desta terça-feira do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, segundo a assessoria do hospital. Ele estava internado desde o dia 30. As filhas e a mulher de Queiroz não compareceram ao depoimento marcado para esta terça, sobre o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

De acordo com a defesa, "todas mudaram-se temporariamente para cidade de São Paulo, onde devem permanecer por tempo indeterminado e até o final do tratamento médico e quimioterápico necessários, uma vez que, como é cediço, seu estado de saúde demandará total apoio familiar."

Através de nota, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) esclareceu que "o não comparecimento voluntário e deliberado reflete, neste momento, uma opção dos envolvidos, sendo certo que o direito constitucional à ampla defesa também poderá ser exercido em juízo, caso necessário." 

O MPRJ informou ainda que continuará investigando o caso "com a realização de outras diligências de natureza sigilosa, inclusive a quebra dos sigilos bancário e fiscal".

*Estagiário sob supervisão de Cadu Bruno

Últimas de Brasil