Onyx usou notas de amigo

Por

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), usou 80 notas fiscais da empresa de consultoria de um amigo para receber RS 317 mil em verbas da Câmara dos Deputados. Os documentos têm datas ente os anos de 2009 e 2018, revelou o jornal 'Zero Hora'. Vinte e nove notas foram emitidas em sequência.

A empresa, Office RS Consultoria, pertence a Cesar Augusto Marques, filiado ao DEM, como Lorenzoni. A empresa está inapta na Receita e tem R$ 117 mil em dívidas tributárias. Entre janeiro de 2013 e agosto de 2018, não recolheu impostos, apesar de ter emitido 41 notas para o ministro.

Em nota, Lorenzoni disse que a empresa "sempre prestou os serviços (de consultoria tributária) e recebeu por eles, na forma da lei".

 

Comentários

Últimas de Brasil