Namorada de ator de Chiquititas diz que pai 'odeia mulheres' e tem um 'ciúme possessivo'

Paulo Cupertino Matias 'acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar' e é apontado como o assassino do namorado da filha e de sua família

Por O Dia

Rafael Miguel tinha 22 anos
Rafael Miguel tinha 22 anos -
São Paulo - Paulo Cupertino Matias, apontado como principal suspeito de ter assassinado a tiros o ator Rafael Henrique Miguel e seus pais, "é misógino, odeia mulheres e acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar". A declaração foi feita por sua filha, Isabela Tibcherani, no programa Balanço Geral, da Record. 
Isabela contou que seu pai nunca aceitou o namoro entre os dois. "Ele tem um ciúme possessivo, doentio, não só comigo, mas com minha mãe também", afirmou.
O crime
Rafael Miguel, de 22 anos, famoso por participar de um comercial pedindo brócolis e pela sua participação em Chiquititas, teria ido à casa de Paulo Cupertino Matias acompanhado dos pais para conversar sobre o relacionamento, quando o comerciante Paulo Cupertino Matias assassinou os três, a tiros. Segundo o jornalista Luiz Bacci, da Record TV, Isabela, de 18 anos, era obrigada pelo pai a ficar trancada em casa e a não se relacionar com outras pessoas.
A Polícia Civil de São Paulo disse que o caso é investigado pelo 98º DP (Jardim Miriam) "e as equipes estão em diligência para localizar e prender o autor do crime".

Comentários