‘Só queríamos ser livres pra amar’, diz namorada de ator morto pelo sogro

Isabela Tibcherani, de 18 anos, postou desabafo em seu perfil no Facebook

Por O Dia

O ator Rafael Miguel e a namorada Isabela Tibcherani. Reprodução/Facebook
O ator Rafael Miguel e a namorada Isabela Tibcherani. Reprodução/Facebook -
São Paulo - O enterro do ator Rafael Miguel, de 22anos, e dos seus pais João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos, reuniu centenas de pessoas ontem à tarde no Cemitério do Campo Grande, na Zona Sul de São Paulo.
“Ele salvou a minha vida, ele foi um herói. Os pais criaram um príncipe, um anjo”, desabafou Isabela Tibcherani, de 18 anos, namorada do artista, que interpretou o Paçoca, no remake da novela Chiquititas, do SBT. Ele também era o menino que ficou famoso pelo comercial onde aparecia pedindo brócolis.
Segundo a polícia, ele foi morto a tiros pelo próprio sogro com os pais quando foi à casa da namorada, no domingo. Pai de Isabela, o comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, não aceitava o namoro da filha e está foragido. Ainda de acordo com a polícia, o comerciante tem antecedentes por um roubo cometido na década de 1990. Em seu perfil no Facebook, Isabela fez um desabafo.
“Só queríamos ser livres pra amar, sem medida. Queríamos explorar o mundo e explorar a vida. Crescer, lado a lado, como um só”. Em outra postagem, escreveu: “Eu te amo, príncipe. A gente vai se encontrar”. Em entrevista para a TV Record, ela falou sobre a relação com o pai. “Ele acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar”. A jovem disse, ainda, que o pai nunca aceitou o namoro. “Ele tem um ciúme possessivo, doentio, não só comigo, mas com minha mãe também”. À noite, ela prestou depoimento no 98º DP (Jardim Miriam).

Outra versão

O advogado de Isabela, que se apresentou como Wellington Lima dos Santos, contesta a versão inicial do crime, de que Rafael teria ido ao local para pedir aval da família para o namoro. Segundo ele, os pais do ator estavam dando uma carona a ela. Quando chegaram na porta da residência, foram surpreendidos pelo pai, que estava armado. Isabela disse, em depoimento, que o pai não aceitava o namoro e era agressivo.

Comentários