General Villas Bôas sai em defesa da Lava Jato e de Sergio Moro

Ex-comandante do Exército Brasileiro comentou vazamento de conversas entre ministro e procurador da Lava Jato, Deltan Dellagnol

Por ESTADÃO CONTEÚDO

General Villas Bôas defendeu Moro e a Lava Jato através do Twitter
General Villas Bôas defendeu Moro e a Lava Jato através do Twitter -
São Paulo - O ex-comandante do Exército Brasileiro General Villas Bôas publicou um texto em seu Twitter no qual sai em defesa da operação Lava Jato e do ministro da Justiça, Sergio Moro. O general da reserva disse que o momento atual é "preocupante" e chamou a Lava Jato de "esperança" para a normalização ética das relações institucionais do Brasil.

"Momento preocupante o que estamos vivendo, porque dá margem a que a insensatez e o oportunismo tentem esvaziar a operação Lava Jato, que é a esperança para que a dinâmica das relações institucionais em nosso País venham a transcorrer no ambiente marcado pela ética e pelo respeito ao interesse público. Expresso o respeito e a confiança no ministro Sergio Moro", escreveu o militar.

Desde a noite de domingo, repercute a divulgação de conversas entre Sergio Moro, então juiz da Lava Jato, com o procurador federal e coordenador da força-tarefa Deltan Dallagnol, além de outros diálogos entre procuradores. As conversas se deram no aplicativo Telegram e foram vazadas pelo site The Intercept.

Comentários