Jair Bolsonaro deve reassumir a Presidência na próxima quinta

Segundo médicos, a operação aconteceu normalmente e o prazo de retorno às atividades será antecipado

Por Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro -

Após a quarta cirurgia desde o atentado em setembro do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro passa bem e ficará afastado das atividades oficiais por cinco dias. Bolsonaro foi submetido a uma nova intervenção, ontem pela manhã, em São Paulo. O vice-presidente Hamilton Mourão está no comando do país desde então.

A operação foi realizada no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, e durou cerca de cinco horas, segundo a Assessoria de Imprensa do Palácio do Planalto. O procedimento foi feito para retirada de uma hérnia incisional.

Procedimento simples

De acordo com o médico Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, mesmo cirurgião que comandou as últimas duas operações, realizadas no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a cirurgia de ontem era mais simples. Mesmo assim, a previsão inicial da equipe médica era de que a intervenção iria durar cerca de três horas.

"A cirurgia transcorreu muito tranquila, não houve nenhuma sutura intestinal, não houve sangramento, a gente imagina que, após a alta, se tivermos a alta em cinco dias, ele deve viajar em sete dias, mais tardar em dez dias", disse o cirurgião em entrevista coletiva ontem no hospital onde ocorreu o procedimento.

O cirurgião também explicou que a operação demorou mais do que o previsto em razão de o intestino estar fortemente aderido na parede abdominal. "Normalmente uma hérnia não demora tudo isso. Mas aí a gente não contava que tinha aderido tudo de novo em relação à cirurgia de janeiro. Isso teve de ser feito com muito cuidado, você não pode machucar o intestino em hipótese nenhuma. Teria sido melhor se a cirurgia fosse com duas horas, teria sido mais fácil", disse.

Os filhos do presidente fizeram postagens nas redes sociais afirmando que o pai passava bem após a cirurgia. Eles estiveram no hospital para acompanhar o procedimento.

"@jairbolsonaro já no quarto, disposto e bem-humorado, graças a Deus! Obrigado à equipe médica e a todos pelas orações", postou no Twitter o filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

"JB acabou de sair da sala de cirurgia com todos os indicadores de saúde muito bem. Agradecemos a Deus, a toda equipe médica do hospital e a todos que rezaram/oraram. A cirurgia foi um sucesso", escreveu o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), indicado pelo pai para ser embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Licença

O Palácio do Planalto afirmou que Bolsonaro deve se licenciar do cargo por cinco dias. Ele deu entrada no hospital na noite de sábado (7). A previsão é que o presidente retome o cargo ainda no hospital, mas somente após esse período inicial de recuperação, o que deve ocorrer até quinta-feira.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários