Luiz Henrique Mandetta - Marcello Casal JrAgência Brasil
Luiz Henrique MandettaMarcello Casal JrAgência Brasil
Por O Dia
Rio - O ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta, admitiu que pode compor alguma chapa ou até ser candidato à presidência em 2022, em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, no programa Ponto a Ponto, da BandNews TV, na noite desta quarta-feira.
Ao ser questionado diretamente sobre a possibilidade de concorrer à presidência, ele não negou e manteve a possibilidade em aberto: "A presidente, a vice presidente, no meu Estado aqui vai ter eleição de governador, de senador...", respondeu.
Publicidade
Mandetta disse que irá "participar ativamente" das eleições, mesmo que precise mudar de partido. "Se o Democratas acreditar na mesma coisa, eu vou. Se o Democratas achar que ele quer outra coisa, eu vou procurar o meu caminho. Eu vou achar o caminho. Como candidato, ou carregando o porta-estandarte do candidato em que eu acreditar. Mas que eu vou participar ativamente das eleições, eu vou", disse.
Chapa com Moro?
Publicidade
Nesta quarta-feira, a colunista Bela Megale, do O Globo, informou que o ex-ministro tem defendido, a interlocutores, uma chapa com ele como candidato e o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, como vice. 
O argumento de Mandetta é o de que ele possui mais traquejo e experiência política para liderar uma chapa em relação ao ex-juiz - que saiu desgastado do governo.
Publicidade