Carol Dartora - Reprodução
Carol DartoraReprodução
Por IG - Último Segundo
A primeira mulher negra eleita vereadora de Curitiba, Carol Dartora (PT), foi ameaçada de morte em uma mensagem enviada por e-mail. Neste domingo (06), a candidata compartilhou a ameaça de morte em suas redes sociais. "Não quero ser a próxima Marielle e não serei", desabafou a ativista que passará a integrar a Câmara Municipal de Curitiba.

O autor da mensagem, que foi assinada pelo nome de Ricardo Wagner Arouxa, alega morar no Rio de Janeiro. No e-mail ele diz que vai comprar uma passagem para Curitiba e tirar a vida da professora.

No texto, ele alega estar desempregado enquanto sua mulher está com câncer de mama e se refere à vereadora eleita com termos racistas. "Sua aberração. Macaca fedorenta, cabelo ninho de mafagafos. Enquanto você ganha um salário de vereadora apenas por ser macaca, eu estou desempregado, minha esposa está com câncer de mama e estamos vivendo de auxílio emergencial."

"Depois de meter uma bala na sua cara e matar qualquer um que estiver junto com você, vou meter uma bala na minha cabeça." Em seguida, o criminoso diz para Carol Dartora não avisar à polícia ou andar com seguranças porque "nada no mundo vai impedir" que ele cometa o homicídio.