Mais de 700 suspeitos de violência contra a mulher foram presos nesta segunda-feira
Mais de 700 suspeitos de violência contra a mulher foram presos nesta segunda-feiraImagem Internet
Por O Dia
Em combate aos crimes de violência contra a mulher, nesta segunda-feira - Dia Internacional da Mulher - as polícias civis estaduais prenderam 712 suspeitos em todo o país, no âmbito da Operação Resguardo. O balanço divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública corresponde às prisões realizadas até as 11h desta segunda.  
"Está em andamento a maior ação da história no combate a crimes contra as mulheres: Operação Resguardo! Secretaria de Operações Integradas do @JusticaGovBR com as Polícias Civis dos 26 Estados e DF! Mais de 10 mil policiais participam da operação em mais de mil municípios!", publicou no Twitter o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, nesta manhã.
Publicidade
Ao todo, mais de 12 mil policiais civis atuam, de forma conjunta, na busca de suspeitos de ameaças, tentativas de feminicídio, lesão corporal, descumprimentos de medidas protetivas, estupro, importunação, entre outros crimes.

De acordo com a pasta, a Operação Resguardo teve início em janeiro deste ano com a apuração de denúncias, análise de procedência dessas denúncias, instauração de inquéritos policiais, levantamento de mandados de prisão e cumprimento de mandados judiciais pelas Polícias Civis, principalmente pelas delegacias especializadas no atendimento à mulher.

Desde janeiro, ainda segundo o ministério, mais de 165 mil vítimas foram atendidas, cerca de nove mil pessoas presas, 46 mil denúncias foram apuradas e cerca de 60 mil inquéritos foram instaurados em todas as unidades da federação, de 1,8 mil municípios do país.